Serviço

Arrumando a bagunça: há profissionais especializados nesse serviço

Personal organizer: Cris e Dete e Cristina Papazian resolvem o problema da organização da casa e dão dicas para manter tudo arrumado

Por: Marcela Besson - Atualizado em

Cristina Papazian é ajudante especial para organizar a casa
Cristina Papazian é ajudante especial para organizar a casa (Foto: Divulgação)

Desordem no guarda-roupa, nos armários da cozinha ou nas gavetas costuma ser sinônimo de dor de cabeça? Não para a paulistana Cristina Papazian (foto). Personal organizer, ela ganha a vida arrumando a bagunça dos outros. O serviço custa a partir de 60 reais (a hora) e pode levar dias, dependendo do tamanho da residência. “Sou como uma governanta freelancer”, conta Cristina, que atua no mercado da arrumação há quinze anos. Além de detectar e resolver os problemas da casa, ela ensina ao cliente – e aos seus funcionários – boas práticas para manter o lar em ordem.

Cristina Papazian

9304-1092 | www.cristinapapazian.com.br

Quanto custa: a partir de 60 reais/hora

Fanáticas por organização, as irmãs Cris e Dete (Cristina Maria da Fonseca e Maria Bernadete Mininel) também transformaram o talento em profissão. “Fazemos uma visita antes, para reconhecer o território, conversar pessoalmente com a cliente e entender suas necessidades”, explica Cris. Elas também dão palestras e cursos sobre o assunto para donas-de-casa, arquitetos e designers (confira a programação no site). “O mais difícil nem é arrumar a baderna, mas fazer a pessoa mudar o comportamento”, conta a organizer.

Cris e Dete

7622-0498 / 8609-7282 | www.crisedete.com.br

Quanto custa: a partir de 70 reais/hora

Fonte: VEJA SÃO PAULO