Esporte

Arena Corinthians é confirmada para as Olimpíadas de 2016

Sede do Corinthians foi escolhida pela Fifa; presidente do alvinegro paulista pede que prefeitura arque com possíveis encargos de reformas

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Arena Corinthians
Arena Corinthians, em Itaquera, na Zona Leste da capital (Foto: Joel Solav/Folhapress)

A Fifa divulgou nesta segunda (16) os estádios que sediarão as partidas de futebol dos Jogos Olímpicos de 2016 no Brasil. Sete arenas de seis cidades do país compõem a lista. Os jogos serão disputados na Arena Corinthians, em São Paulo; no Maracanã e no Engenhão, ambos no Rio de Janeiro; na Arena Amazônia, em Manaus; na Fonte Nova, em Salvador; no Mineirão, em Belo Horizonte; e no Mané Garrincha, em Brasília.

+ Saiba como se cadastrar para comprar ingressos para as Olimpíadas

Em sua página oficial no Twitter, a Arena Corinthians comemorou a escolha: "Em São Paulo, #PadrãoFIFA é só na #ArenaCorinthians! A casa do Timão será o palco paulista no @Rio2016."

Arena-Corinthians
Arena Corinthians é escolhida para receber os Jogos Olímpicos de 2016 (Foto: Reprodução / Twitter)

Por meio de nota, o presidente do Sport Club Corinthians, Roberto de Andrade, também celebrou a seleção, no entanto pediu que a prefeitura de São Paulo dê conta dos encargos financeiros com obras para se adequar aos padrões exigidos para o evento.

"É uma grande honra para o Corinthians ter a Arena Corinthians como o estádio da cidade de São Paulo nos Jogos Olímpicos de 2016. Depois da Copa do Mundo FIFA, esta é mais uma confirmação que enche de orgulho os mais de 30 milhões de corinthianos. No entanto, estamos atendendo, mais uma vez, um pedido da cidade de São Paulo e precisamos saber quem se responsabilizará e arcará com as obras do overlay (específicas para o evento) e também da liberação dos CIDs. Do contrário, o clube deve rever a decisão de sediar a Olimpíada”, afirmou Andrade.

De acordo com a Secretaria de Esportes, Lazer e Recreação de São Paulo ainda não é possível saber a real necessidade das intervenções para que a cidade participe do evento. Por meio de nota, a pasta afirma que a FIFA e o Comitê Organizador dos Jogos ainda estão fazendo os levantamentos. "Recebemos os itens do caderno de encargos apenas na quinta, 11 de março, não tendo havido tempo ainda para uma apuração dos valores totais", afirma a secretaria.

No próximo dia dia 23 uma reunião terá participações de todos os envolvidos no evento: governo do estado, prefeitura, CBF, Federação Paulista de Futebol e Comitê Organizador Olímpíco (COI), para definir os próximos passos da organização.

Olimpíada 2016
Simulação do Parque Olímpico  dos Jogos de 2016, no Rio de Janeiro (Foto: Reprodução)

Ao todo, a Olimpíada de 2016 terá 58 jogos de futebol, sendo 32 partidas na categoria masculina, com dezesseis seleções, e 26 na feminina, com doze países sendo representados. Até o momento, apenas as finais já estão com destino garantido: o Maracanã.

Na semana passada, a arena Allianz Parque Palmeiras havia sido descartada para receber jogos de futebol, pois precisaria passar por reformas estruturais para se adequar aos padrões exigidos pela competição.

Mesmo sendo um evento organizado pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COI), o torneio de futebol é elaborado em parceria com a Fifa. A entidade máxima do futebol garante que deu prioridade para os estádios que receberam jogos da Copa do Mundo de 2014. A única exceção foi o Engenhão, que sediará provas de competições olímpicas.

Ingressos

Em janeiro foi divulgado pelo comitê organizador o esquema para compra de ingressos para o mega evento, que ocorre entre agosto e setembro do ano que vem no país. Os interessados em ver de perto as modalidades esportivas deverão se cadastrar no portal oficial do Rio 2016. Em junho, os ingressos serão sorteados, sessão a sessão, aleatoriamente.

Para as finais, que costumam se mostrar mais concorridas, de partidas como futebol masculino, vôlei e atletismo (100 metros rasos), há um limite de quatro ingressos por pedido. Nas demais ocasiões, seis.

Fonte: VEJA SÃO PAULO