Carnaval 2012

Confusão com torcedores atrasa apuração no Sambódromo do Anhembi

Ainda não foi definido como ficará o resultado da contagem. Faltava uma nota para a Mocidade Alegre ser decretada a campeã

Por: Redação VEJINHA.COM - Atualizado em

Torcedor da Império de Casa Verde - Carnaval 2012
Invasão: torcedor da Império de Casa Verde rasga notas que estavam na mesa (Foto: Reprodução)

Faltando apenas uma nota para selar a vitória da Mocidade Alegre como campeã do Carnaval 2012, um torcedor e integrante da Império de Casa Verde invadiu nesta terça (21) o local da apuração no Sambódromo do Anhembi e rasgou diversos envelopes com votos dos jurados. Logo em seguida outros torcedores furaram o bloqueio da Polícia Militar e avançaram sobre o espaço destinado aos dirigentes da Liga das Escolas de Samba, derrubando grades, troféus e espalhando mais envelopes.

+ Programas para relaxar na Quarta-Feira de Cinzas

+ Dez lugares bacanas para se recuperar dos excessos do Carnaval

O presidente da Liga, Paulo Sergio Ferreira, não deu explicações sobre a continuidade da apuração, e parte do público começou a ir embora. A polícia, então, conseguiu dispersar os invasores e um grupo de torcedores da Gaviões da Fiel deixou o sambódromo em direção a uma pista da Marginal Tietê. Eles tentaram destruir as placas metálicas ao redor do local. Depois, houve um princípio de incêndio em um carro alegórico na dispersão do Anhembi, mas os bombeiros conseguiram controlar as chamas.

A apuração, que atrasou cerca de 25 minutos devido a uma reunião entre os presidentes das escolas e os dirigentes da Liga, já havia começado tensa. De acordo com alguns dos participantes, a reunião definiu que as notas de jurados suplentes iriam valer.

+ Conheça os sambas-enredo das escolas do Grupo Especial

Com 160 pontos, parecia certa a vitória da Mocidade Alegre. A escola seria seguida por Rosas de Ouro e Vai-Vai. Na outra ponta, Pérola Negra e Camisa Verde e Branco seriam as duas rebaixadas para o Grupo de Acesso. Ainda não foi definido como ficará o resultado da contagem.

Veja abaixo como estava a pontuação até o início da confusão: 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO