Trânsito

Após redução de velocidade, número de acidentes cai 30% nas marginais

Por: Estadão Conteúdo

Marginal Pinheiros
Marginal Pinheiros: redução no total de acidentes após novos limites de velocidade (Foto: Fábio Vieira/Folhapress)

A Companhia de Engenharia de Tráfego afirmou que o número de acidentes nas marginais Pinheiros e Tietê caiu 30%. As novas regras foram implantadas há trinta dias. Os dados consolidados, no entanto, só serão divulgados nesta quinta (20).

O balanço deste primeiro mês de redução do limite máximo de velocidade informa ainda que a lentidão caiu entre a tarde e a noite nas marginais. 

+ Prefeitura estuda fechar a Paulista aos domingos a partir do dia 30

No dia 20 de julho, a velocidade máxima permitida passou de 90 quilômetros por hora para 7 0 quilômetros por hora na pista expressa e de 70 quilômetros por hora para 60 quilômetros por hora nas centrais. Nas pistas locais, caiu de 60 quilômetros por hora para 50 quilômetros por hora. 

+ Bebê de quatro meses morre em acidente na Marginal Tietê

A redução da velocidade nas marginais é uma tentativa da prefeitura de São Paulo de diminuir a quantidade de mortos e feridos no trânsito. No ano passado, as marginais registraram total de 1.180 acidentes, deixando 73 mortos e 1.399 feridos. 

+ Confira as últimas notícias da cidade

A prefeitura também tem reduzido o limite de velocidade em outras vias da cidade. Nesta semana, a Avenida Pacaembu e a Rua Major Natanael, na Zona Oeste da cidade, passaram a ter limite de velocidade de 50 quilômetros por hora. A proposta da administração municipal é que todas as vias da capital paulista passem a ter esse limite de velocidade até o fim do ano. 

A diminuição nos padrões de velocidade é uma tendência mundial, quem vem sendo aplicada em cidades como Nova York e Londres. Na capital inglesa, por exemplo, foram criadas zonas em que os motoristas só podem transitar em até 32 quilômetros por hora. A meta do governo é zerar o número de mortes no trânsito até 2020. 

 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO