cidade

Após falha, trens ainda circulam com lentidão na linha 5 do metrô

Ônibus fazem o apoio no transporte de passageiros entre as estações Capão Redondo e Santo Amaro

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

metro linha
Passageiros andam na linha do metrô (Foto: Reprodução / TV Globo)

Após falha ocorrida na noite de ontem na linha 5-lilás, a circulação de trens entre as estações Campo Limpo e Giovani Gronchi ainda não foi totalmente normalizada. Por ali, os trens ainda circulam por uma única via, com maior tempo de intervalo, nesta sexta (14).

Segundo informações do Metrô, funcionários da manutenção trabalharam durante a noite na reparação do dano, mas o conserto ainda não foi finalizado.

Por causa do funcionamento parcial da linha, cerca de trinta ônibus realizam gratuitamente o transporte de passageiros entre as estações Capão Redondo e Santo Amaro.

Falha

Uma falha na rede aérea de energia da linha 5-lilás do metrô no horário de pico provocou lentidão nos trens na noite desta quinta-feira. Segundo o Metrô, usuários invadiram a linha férrea e todas estação tiveram que ser fechadas por segurança.

De acordo com a empresa, a falha ocorreu às 18h37, e um trem entre as estações Giovani Gronchi e Santo Amaro teve de ser esvaziado. O Metrô afirma que os passageiros foram orientados a usar as vias laterais de segurança, mas acabaram invadindo a linha, o que fez com que a companhia paralisasse toda a circulação.

Pane

Na semana passada, também no horário de pico, uma pane na linha 3 (vermelha) fechou pelo menos seis estações do metrô. Houve quebra-quebra, tumultos e muita espera entre os passageiros. De acordo com a empresa, usuários acionaram o botão de emergência de sete trens, o que provocou uma paralisação que se estendeu no trecho entre as estações Palmeiras-Barra Funda e Sé.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO