Turismo

Aplicativos de viagem para reservar a hospedagem

Quatro apps para escolher o destino e acertar na melhor opção de hotel, albergue ou imóvel para alugar

Por: Camila Rossi

Aplicativos de viagem - Ed.: 2353
(Foto: Nik Neves)

■ AIRBNB

Aplicativos de Viagem - Airbnb Ed.: 2353
Airbnb (Foto: Divulgação)

Com mais de 450 000 endereços em 34 000 cidades, vale para quem está procurando um lugar e para os que alugam seus imóveis. Há quartos, apartamentos, coberturas e casas para estadas curtas ou prolongadas. Faz aponte entre viajantes e proprietários até a finalização do acordo. Sistemas: iPhone e Android Preço: grátis Tamanhos: 30,2 MB (iPhone) e variável (Android).

+ Trinta aplicativos para incluir na mala

■ BOOKING.COM

Aplicativos de viagem - Booking.com Ed.: 2353
Booking.com (Foto: Divulgação)

Versão do famoso site de reservas de hotel. É possível consultar disponibilidade e tarifas em mais de 375 000 acomodações no mundo, filtrando a busca por localização, faixa de preço e conforto. Os estabelecimentos vão dos cinco-estrelas aos campings. Tem mais de 24 milhões de avaliações. Sistemas: iPhone e Android Preço: grátis Tamanhos: 53,2 MB (iPhone) e 11 MB (Android).

■ HOSTELWORLD.COM

Aplicativos de Viagem - Hostelworld.com Ed.: 2353
Hostelworld.com (Foto: Divulgação)

O foco são viajantes com orçamento restrito: lista 35 000 acomodações, boa parte delas albergues, em 6 000 cidades. É preciso digitar o destino, a data de entrada e o número de pernoites. Para ajudar na escolha, a dica é consultar os cerca de 3,5 milhões de depoimentos de outros viajantes. Sistemas: iPhone e Android Preço: grátis Tamanhos: 5,4 MB (iPhone) e 2 MB (Android).

■ TRIPADVISOR

Aplicativos de Viagem - Tripadvisor Ed.: 2353
Tripadvisor (Foto: Divulgação)

Inclui mais de 100 milhões de avaliações de viajantes sobre hotéis e outros estabelecimentos. Serve para pesquisar se um local vale a pena, por meio de comentários de quem já esteve ali. Permite também encontrar atividades nas redondezas, comparar tarifas e fazer reservas. Sistemas: iPhone e Android Preço: grátis Tamanhos: 32 MB (iPhone) e variável (Android).

Fonte: VEJA SÃO PAULO