Saúde

Anvisa proíbe venda de lotes de queijo parmesão ralado em todo o Brasil

Consumidores deverão entrar em contato com o fabricante para devolver o produto

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

queijo-1
(Foto: Reprodução)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu nesta sexta (9) a venda e distribuição de 22 lotes de queijo parmesão ralado da marca Parmíssimo. O produto é fabricado pela empresa Parmíssimo Alimentos, de Viamão, no Rio Grande do Sul. 

+ ANS suspende venda de 23 planos de saúde em todo o Brasil

“Esta ação de recall se faz necessária por não termos total garantia sobre a qualidade e inocuidade do produto”, informou a empresa, em nota divulgada no site oficial. Os consumidores devem entrar em contato com o fabricante para fazer a devolução, o e-mail e o telefone são: parmissimo@parmissimo.com.br e 0800-643-4880.

parm-1
O queijo ralado da marca Parmíssimo: lotes devem ser devolvidos pelos consumidores (Foto: Reprodução)

De acordo com a agência, os lotes proibidos têm validade de oito meses e são distribuídos em pacotes de 50, 100 ou 500 gramas e 5 quilos, com as seguintes datas de fabricação:

- 8 e 9 de fevereiro de 2016

- 15, 16 e 17 de março de 2016

- 20, 22, 23, 25 e 26 de abril de 2016

- 18, 19 e 20 de maio de 2016

- 17, 18 e 20 de junho de 2016

- 15, 16 e 18 de julho de 2016

- 5, 6 e 8 de agosto de 2016

Fonte: VEJA SÃO PAULO