Gente

Andressa Urach é internada novamente para colocar drenos na perna

Após procedimento, que serve para evitar nova infecção, atriz e apresentadora voltou para casa

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

andressa urach
Urach postou nas redes sociais uma foto com o médico que realizou o procedimento (Foto: Reprodução Instagram)

A atriz e apresentadora Andressa Urach teve de voltar ao hospital na noite de sábado (31) após sentir dores na perna. Nas redes sociais, ela explicou que passou por uma limpeza das feridas e teve de colocar drenos para evitar uma nova infecção. Depois de realizar os procedimentos, a apresentadora foi liberada e voltou para casa.

+ Andressa Urach transforma seu visual e exibe cabelos curtos, estilo ‘bob’

De acordo com Andressa, seu batismo na Igreja Universal, que estava marcado para este domingo (1) foi adiado por causa do incidente. "Mas meu Deus é fiel e não vai me desamparar e ao meu lado enfrentarei batalhas e vencerei em nome de Jesus", escreveu na legenda de uma selfie com o médico responsável pelo procedimento.

+ Fotos da perna de Andressa Urach repercutem em sites internacionais

Ela estava em um churrasco com toda a famíilia para comemorar sua recuperação quando sentiu as dores. Nesta semana, Urach deu entrevistas afirmando que voltaria a trabalhar no carnaval, como apresentadora da RedeTV.

+ Andressa Urach desabafa na internet: "Nasci de novo"

Entenda o caso

Andressa foi internada há mais de dois meses na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Nossa Senhora da Conceição em Porto Alegre (RS), com quadro grave de infecção generalizada. O problema da modelo foi ocasionado pelo uso de hidrogel, uma substância à base de poliamida, aplicado nas coxas há mais de cinco anos.

O caso chamou atenção para os limites do uso de preenchedores de volume, como o hidrogel. Apesar de liberada sua utilização em qualquer área do corpo, médicos especializados não costumam utilizar o produto em grandes áreas, como no caso das pernas e nádegas.

Foram injetados 500 mililitros em cada umas das coxas. Para grandes áreas, médicos especializados e cirurgiões plásticos indicam o uso de próteses de silicone ou enxerto de gordura do próprio paciente. Segundo especialistas, o produto químico é indicado para procedimentos reparadores, onde são indicados aproximadamente 2 ou 3 mililítros de hidrogel.

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica não aprova o uso de substâncias classificadas como inabsorvíveis, como o silicone ou silicone industrial (DMSO) e o gel PMMA (polimetil metacrilato), que não devem ser aplicadas em nenhuma região do corpo.

Fonte: VEJA SÃO PAULO