Especial

Ana Hickmann: apresentadora da Tv Record

Revelação na telinha, a ex-modelo e empresária se firma como uma estrela cheia de empatia com o público e ajuda sua emissora a enfrentar a Globo nas manhãs paulistanas

Por: Thales Guaracy - Atualizado em

Em seu início, há dois anos, o programa Hoje em Dia, da Rede Record, dava 2 pontos no Ibope. "Quando chegava a 4, era festa", recorda Ana Hickmann, que ancora essa revista matinal com jornalismo ao vivo, reportagens e quadros em estúdio ao lado do ex-repórter Britto Junior. Hoje, o programa alcança a casa dos 7 pontos, igualando e às vezes até ultrapassando o líder antes incontestável das manhãs, o Mais Você, de Ana Maria Braga, na Rede Globo. Aos 26 anos, a ex-supermodelo é um dos trunfos da Record na luta pela audiência. Ana tem mostrado muitas qualidades. Não fala bobagem. Ela realmente se interessa pelos assuntos com os quais se envolve no programa, o que a ajuda a fazer perguntas pertinentes. Sobretudo, exerce aquele fascínio capaz de afastar o desejo natural do ser humano de mudar de canal. Mais que beleza, ela tem empatia com o público. "Quando era modelo, eu era um produto", diz. "Acho que o interesse é maior porque na TV posso ser eu mesma."

Sem saber nada do riscado, ela começou a trabalhar em TV há apenas três anos, improvisada como repórter no programa Tudo a Ver. Na primeira vez em que tentou gravar um texto em off, como se lesse uma redação escolar, deu dó: Celso Freitas, um dos apresentadores da Record, ofereceu-se para ensiná-la. Ana aprende fácil. Direta, de raciocínio rápido, não sobe no tamanco – talvez por não precisar, com seu 1,85 metro, no sentido figurado ou literal. "Às vezes as melhores sugestões vêm das pessoas mais simples", conta. Foi idéia de sua sogra o concurso Costureira Nota 10, em que desafia costureiras domésticas a fazer roupas para ela. Além do prazer de vestir uma profissional da moda como Ana Hickmann, a vencedora do concurso ganha um prêmio em dinheiro. Há muitas mulheres que costuram em casa, é claro, e a proposta pegou. Sua passagem de modelo "com as pernas mais compridas do mundo" para um veículo popular fez muito bem para os próprios negócios, admi-nistrados por ela mesma com a ajuda do marido, Alexandre Corrêa. Hoje, existem dez artigos com sua marca, cujas vendas subiram na proporção da audiência do programa na TV. Sapatos e óculos Ana Hickmann já são exportados para a Europa, para a América Latina e até para o Oriente Médio. Ela, porém, só está começando. Quando lhe perguntam qual é o tamanho de sua ambição, apenas ri.

Fonte: VEJA SÃO PAULO