Memória

Amigos vão de São Paulo ao México no mesmo caminho de 44 anos atrás

Rafael Sawaya e Ivan Charoux farão a viagem em um Fusca 68

Por: Miguel Barbieri Jr.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Em 1970, os amigos Rafael Sawaya e Ivan Charoux embarcaram numa aventura com destino certo. Sem mapas e a bordo de um Fusca 62, eles chegaram a Guadalajara para acompanhar a Copa do Mundo do México, onde a seleção brasileira se sagrou tricampeã. A viagem durou 25 dias. No Panamá, compraram uma câmera de 8 milímetros para registrar os melhores momentos.

+ Exposição exibe documentos raros da imigração libanesa 

Restauradas pela Cinemateca Mexicana, algumas dessas imagens vão estar no documentário Filhos da Pista. Produzido pelo Brasil e pelo México, o filme começou a ser rodado em São Paulo com depoimentos do jornalista Juca Kfouri e do craque Rivellino. A melhor parte, contudo, vai ter início depois do Mundial no Brasil, quando o empresário Sawaya e o executivo Charoux, ambos com 70 anos, vão recolocar o pé na estrada para fazer o mesmo trajeto de mais de quatro décadas atrás. Acompanhando a jornada de 15 000 quilômetros, agora num Fusca 68, comprado por Charoux, haverá uma equipe de cinema. Serão cerca de nove semanas passando por Argentina, Chile, Bolívia, Peru, Equador... “Todo mexicano queria ter um amigo brasileiro. Chegamos lá no dia do primeiro jogo e não gastamos um tostão. Em troca, jogávamos futebol e ensinávamos os colegas a sambar”, relembra Charoux.

Fonte: VEJA SÃO PAULO