Finanças Pessoais

Cresce número de ações contra calote a condomínios

Em agosto, total de processos abertos no estado de São Paulo é 41,19% maior do que em julho

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Morumbi - prédios_2190a
Condomínio: renegociar dívida é caminho para não ser processado (Foto: Lucas Lima)

O número de ações judiciais motivadas por falta de pagamento da taxa de condomínio do estado de São Paulo subiu de 658 em julho para 929 em agosto, representando alta de 41,19%. O levantamento realizado pelo Secovi-SP (sindicato da habitação) no Tribunal de Justiça de São Paulo.

+ Professores flagrados fazendo sexo na sala de aula são afastados

Na comparação com agosto de 2013, o aumento foi de 4,55% - no mesmo mês do ano passado foram ajuizadas 889 ações. No entanto o volume acumulado nos oito primeiros meses de 2014 é inferior ao mesmo período de 2013. A queda foi de 16,7%: 6 651 casos no ano anterior contra 5 540 neste ano.  

+  Policial Militar que matou camelô na Lapa é preso

O Secovi recomenda que síndicos e administradoras reforcem as negociações de cobrança e promovam ações de conscientização dos condôminos quanto à importância desse pagamento, a fim de garantir o equilíbrio das contas do condomínio. "O síndico deve estimular o condômino inadimplente a quitar dívidas. A maioria prefere negociar amigavelmente", aconselha Hubert Gebara, vice-presidente de Administração Imobiliária e Condomínios do Sindicato. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO