Barcos

Grandes navegações

Com 88 metros de comprimento e quinze velas computadorizadas, o Maltese Falcon é capaz de cruzar o Atlântico em dez dias

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Maltese Falcon 2191a
Maltese Falcon: Capaz de Cruzar o atlântiCo em dez dias (Foto: Divulgação)

Fabricado pelo estaleiro italiano Perini Navi, o Maltese Falcon costuma ser apontado como o maior e mais caro veleiro do mundo. Foi construído a pedido do americano Tom Perkins, magnata do Vale do Silício, na Califórnia, que financiou a empreitada do Google e é um dos diretores da News Corporation, dona de jornais como o ‘Sunday Times’. No ano passado, a investidora grega Elena Ambrosiadou comprou o barco por 162 milhões de reais. Como ela diz ter uma agenda profissional de dezesseis horas por dia, de segunda a domingo, mal pode curtir o mimo. Resolveu, daí, investir num novo negócio: alugá-lo para gente com bala na agulha para desembolsar pouco mais de 1 milhão de reais por semana.

O Falcon alcança velocidade de cruzeiro de 16 nós e cruza o Oceano Atlântico em dez dias — a travessia a vela leva normalmente entre 14 e 21 dias. Com 88 metros, dispõe de quinze velas controladas por computador, divididas em três mastros de fibra de carbono. Imagine o que Pedro Álvares Cabral ou Cristóvão Colombo não fariam com um destes!

 

“Meu prazer vem muito mais dos desafios estéticos e técnicos de um projeto de iate do que de sair em cruzeiro num barco finalizado.”

Tom Perkins, primeiro proprietário do Maltese Falcon

 

Breve numa marina perto de você

As novas lanchas do mercado, lançadas no mês passado na Feira São Paulo Boat Show

Fairline Targa 2191a
Targa 58 Gran Turismo: mede quase 18 metros e chega a 38 nós (Foto: Divulgação)

Targa 58 Gran Turismo

Fabricado pela espanhola Fairline Yachts, o modelo tem uma suíte e duas cabines e esbanja charme por ser conversível. Comandos automáticos transformam uma sala em deque ao ar livre. Mede quase 18 metros e chega a 38 nós.

Preço: a partir de 1,8 milhão de reais

 

Azimut 53 2191a
Azimut 53: 4,5 milhões de reais (Foto: Divulgação)

Azimut 53

Da italiana Azimut, tem duplo comando — um ao ar livre e outro dentro do deque principal. Mede quase 17 metros e alcança velocidade máxima de 31 nós.

Preço: 4,5 milhões de reais

 

Portofino 48 2191a
A lancha Portofino 48 custa a partir de 1,5 milhão de reais (Foto: Divulgação)

Portofino 48

O estaleiro inglês Sunseeker fez deste um barco do gênero ‘pequeno por fora, grande por dentro’. Acomoda até quatro hóspedes, mas comporta doze pessoas para um passeio. Um dos quartos conta com duas camas de solteiro reversíveis para uma de casal. Mede 16 metros e chega a 32 nós.

Preço: a partir de 1,5 milhão de reais

 

Vuong 1 2191a
Vuong 1: modelo produzido pela Pier 22 (Foto: Divulgação)

Vuong 1

Réplica da Riva Aquarama, que foi fabricada entre 1962 e 1996, o modelo produzido pela Pier 22 é a primeira lancha em tamanho real da empresa, especializada em miniaturas. Aparece em versão de 29 pés, para seis pessoas. Tem acabamento de mogno e acácia e dois motores de 320 cavalos cada um.

Preço: 450 000 reais

 

WHY 58x38 2191a
Projeção 3D do WHY 58 X 38: do sonho para a vida real só sob encomenda (Foto: Divulgação)

Hèrmes dos sete mares

Três deques, seis suítes com capacidade para dezesseis pessoas, instalações para 24 tripulantes, biblioteca, sala de cinema, academia, spa e (ufa!) piscina de 25 metros. É preciso fôlego para enumerar os ambientes deste iate dos sonhos. O que não é lá muito fácil diante do design arrebatador criado por artistas da marca de acessórios francesa Hermès, num projeto lançado em parceria com o estaleiro Wally, de Mônaco.

A missão era criar uma espécie de ilha flutuante, capaz de singrar os oceanos sem gastos absurdos de combustível nem agressão ao meio ambiente. Daí nasceram os modelos WHY 37 x 24 e WHY 58 x 38 (a sigla reúne as iniciais de Wally Hermès Yachts). O astro aqui em foco é este último, que tem de área 3 900 metros quadrados — uma média de 145 metros quadrados por passageiro. Sua superfície é coberta por 900 metros quadrados de painéis que absorvem a luz solar para transformá-la em energia. Graças a esse combustível elétrico, pode deixar de consumir até 160 000 litros de diesel por ano e tem autonomia de 12 000 milhas náuticas (mais do que suficiente para ir do litoral de São Paulo a Hong Kong, por exemplo). Apresentado no Abu Dhabi Yacht Show em março, o barco custa 221 milhões de reais.

 

4 milhões de reais

foi quanto o empresário Márcio Christiansen investiu na abertura da Tools & Toys, inaugurada em julho. Trata-se de uma loja de 1 000 metros quadrados, no Shopping Cidade Jardim, que vende de iates a helicópteros, passando por jet skis.

 

4162 superiates

navegam hoje pelo mundo

 

20%

foi o crescimento das encomendas de iates no mundo com mais de 76 metros de comprimento, em 2009.

 

1,05 milhão de reais

é o preço do aluguel semanal do ‘Christina O’., antigo iate de Aristóteles Onassis. Foi a bordo desse barco que o armador grego conquistou a cantora Maria Callas. Também ali, o príncipe Rainier e a atriz Grace Kelly recepcionaram os convidados de seu casamento.

Fonte: VEJA SÃO PAULO