Crime

Adolescentes são encontradas mortas dentro de casa no Butantã

Mãe é suspeita de assassinar filhas adolescentes de 13 e 14 anos e tentar suicídio em seguida

Por: Redação VEJASÃOPAULO.COM - Atualizado em

Paola Victorazzo
Jovem tinha 13 anos (Foto: Reprodução/Facebook)

As adolescentes Paola Knorr Victorazzo, de 13 anos, e Giovanna Knorr Victorazzo, de 14 anos, foram encontradas mortas na casa onde viviam, na Rua Doutor Romeu Ferro, no Butantã. O crime ocorreu no sábado (14) e a corretora de imóveis Mary Vieira Knorr, de 53 anos, mãe das garotas, é a principal suspeita. 

A polícia informou que chegou ao local para atender a uma ocorrência de vazamento de gás. No endereço, já havia um carro do Corpo de Bombeiros. Os policiais encontraram a mãe deitada no chão, em "alterado estado de consciência", dizendo que matou as filhas e que queria se matar. Ela foi encaminhada a um pronto-socorro antes de ser levada à delegacia.

No primeiro andar da casa, a polícia encontrou o corpo das irmãs. O cachorro da família também estava morto. A investigação do caso começou a ser conduzida pela delegada de plantão no 14º DP, em Pinheiros, na Zona Oeste, mas será encaminhada ao 51º DP, em Rio Pequeno, mais próximo de onde ocorreu o crime. 

Giovanna Victorazzo
Perfil de Giovanna no Facebook (Foto: Reprodução/Facebook)

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO