Interior

Adolescente pega ultraleve escondido do pai e morre em acidente

Queda ocorreu na cidade de Mirassol, a 450 quilômetros da capital paulista, na manhã desta segunda-feira (2)

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

ultraleve
O adolescente Marlon durante um voo (Foto: Reprodução/Facebook)

O jovem Marlon Git Viana, de 17 anos, morreu na manhã desta segunda-feira (2), em Mirassol, a 450 quilômetros da capital paulista, após cair com um ultraleve que pegou escondido do pai, um empresário local. O acidente ocorrreu por volta das 7h30 da manhã. O equipamento era composto de uma asa-delta e um motor.

+ Mãe faz desabafo após filho de 15 meses morrer em acidente

Ele decolou do aeroclube do município com o colega Eli Emerson da Silva Sparapani, de 26 anos. De acordo com a Polícia Militar da cidade, o amigo de Viana saltou de paraquedas da aeronave e viu que a asa do modelo havia se soltado, fazendo com que o ultraleve descesse em queda livre com o adolescente.

ultraleve 2
O jovem com equipamentos de voo (Foto: Reprodução Facebook)

Quando chegou em terra firme, Sparapani ligou para o Corpo de Bombeiros e informou o órgão sobre o acidente.

Uma equipe da corporação e outra do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáticos (Cenipa) foram enviadas ao local e constataram a morte instantânea de Viana. Segundo o Cenipa, ainda não foi apurada a causa do acidente e não há previsão para divulgação da perícia.

+ Confira como está o trânsito nas estradas na volta do feriado

ultraleve 3
Marlon em uma foto postada no seu perfil do Facebook (Foto: Reprodução Facebook)

A asa caiu a 3 quilômetros de distância do corpo de Viana, próximo à rodovia Washington Luiz. A aeronave foi localizada no pátio de uma empresa, no bairro Jardim Aeroporto. 

O adolescente costumava postar fotos em seu perfil no Facebook de voos que realizava em veículos aos quais tinha acesso.

Fonte: VEJA SÃO PAULO