Mistérios da Cidade

Adesivos de família: mania que colou

Há alguns meses, um sem-número de automóveis tem circulado pela cidade com as figuras coladas na traseira

Por: Mauricio Xavier [com reportagem de Isabella Villalba]

Adesivos - Mistérios da Cidade 2205
Adesivos: venda ultrapassa 10.000 unidades por mês (Foto: Divulgação)

Papai, mamãe, vovô, vovó, filhos, cachorro, gato, papagaio e peixinho: todos cabem no carro, em forma de adesivo. Há alguns meses, um sem-número de automóveis tem circulado pela cidade com as figuras coladas na traseira. Não se sabe quem foi o pai da ideia, mas o designer Germano Spadini, dono da Job Adesivos, criou uma linha semelhante já em 2008, após o nascimento de seu filho. Durante dois anos, amargou vendas modestas. O cenário mudou no segundo semestre do ano passado. “Não saíam nem 1.000 bonequinhos por mês, agora são mais de 10.000.” Cada colante custa de 2 a 3 reais e há mais de 200 modelos, na loja física, no Tatuapé, e pelo site (www.jobadesivos.com.br).

Fonte: VEJA SÃO PAULO