Comer & Beber 2009

Adega Santiago: a melhor cozinha

Por: Fabio Wright - Atualizado em

Adega Santiago: a melhor cozinha  Foto 2
Uma das receitas mais tentadoras do Adega Santiago: polvo à tasquinha, com batata ao murro e cebola (Foto: Mario Rodrigues)

A partir de um feliz encontro de receitas típicas de Portugal e da Espanha, a Adega Santiago tornou-se um pródigo endereço para beber, petiscar, almoçar ou jantar. Por sua qualificada cozinha, esse híbrido de bar e restaurante leva pela primeira vez o prêmio da categoria. Inaugurada em 2006, a casa pertence ao mesmo dono do boteco lusitano Espírito Santo, no Itaim. Tentadoras sugestões ibéricas atraem um público adulto para o charmoso salão decorado com muita madeira, tijolinhos aparentes e uma bela adega envidraçada para 1 800 garrafas. As influências da terrinha aparecem em delícias como a cremosa alheira frita (R$ 28,00) e o ultramacio polvo à tasquinha (regado por azeite e guarnecido de batata ao murro e cebola refogada; R$ 57,00). Pelo lado hispânico comparecem o presunto pata negra (R$ 58,00 cada 100 gramas) e as gambas al ajillo (camarão ao azeite, alho e pimenta-vermelha; R$ 45,00). Não deixe de provar o cremoso croquete de pato (R$ 21,00). Depois, desfrute da paella de frutos do mar (R$ 55,00 a individual), do úmido arroz de pato (R$ 49,00) ou de uma das sete receitas de bacalhau. A seção etílica também agrada. Inclui a refrescante sangria em jarra de 1 litro (R$ 57,00), chope bem tirado (Brahma, R$ 5,50) e 180 rótulos de vinho, a exemplo do tinto espanhol Faustino VII safra 2007 (R$ 62,00).

Rua Sampaio Vidal, 1072, Jardim Paulistano, 3081-5211. 12h/15h e 18h/0h (sex. e sáb. até 0h30; sáb. e dom. sem intervalo a partir das 12h30; dom. e seg. até 23h). Cc.: todos. Cd.: todos. Cr.: T e V (só no almoço de seg. a sex.). Estac. c/manobr. (R$ 5,00 no almoço de seg. a sex.; R$ 10,00 nos demais horários).  Serviço de rolha. Conexão sem fio. www.adegasantiago.com.br.

Fonte: VEJA SÃO PAULO