Passeios

O que acontece nesta quinta (23): crianças

Confira cinco atrações para a garotada curtir no feriado

Por: Redação VEJA SÃO PAULO on-line

O Buda e a Baleia, da Cia. Ópera na Mala 2222
Cris Miguel e Sérgio Serrano: bonecos, painéis ilustrados e música ao vivo (Foto: Divulgação)

+ O que fazer nesta quinta (23)

  • De Cláudio Saltini e Rani Guerra. Sempre competente na manipulação de bonecos e objetos, a Cia. Circo de Bonecos enfrenta um desafio: dividir o palco com uma figura inexistente. Trata-se de uma pulga “encontrada” na plateia, que será treinada pelos hilariantes Cláudio Saltini e Rani Guerra para brilhar num minúsculo picadeiro. Os dois não só se saem bem nessa tarefa como divertem crianças e adultos do começo ao fim da montagem. Também contribui para o sucesso o ator Kleber Brianez. Escondido o tempo todo, ele dubla o inseto e movimenta o cenário conforme suas estripulias. Em uma mistura de momentos fofos, a exemplo do beijo de boa-noite na pulguinha, e piadas simples, como as trapalhadas de Saltini ao seguir as ordens do colega ao pé da letra, a peça deixa a garotada hipnotizada. Vale avisar: o final é de morrer de rir. Estreou em 2/10/2010. Até 19/8/2015. Atenção: Também na Unibes Cultural nesta semana: A Bruxinha, no sábado (22), 11h, e O Anel do Rei, no mesmo dia, 14h.
    Saiba mais
  • Para crianças / Peças

    Coppélias?!
    VejaSP
    Sem avaliação
    O balé cômico escrito por Arthur Saint-Léon e Charles Nuitter com música de Léo Delibes foi um dos pioneiros a apresentar, em 1870, danças como a czarda húngara e a mazurca polonesa. Nessa colorida e animada peça, os passos clássicos se encontram com o maracatu e o frevo em um espetáculo híbrido de dança, música e teatro. Embalado pela batucada das alfaias (tambores típicos do maracatu) e pelo som do violão e da sanfona, o simpático elenco conta em coreografias e canções a história do trovador Franz (Ramiro Murillo). Esse divertido personagem cai de amores pelas bonecas Coppélia e Calunga, papéis das atrizes Ana Noronha e Tarina Quelho. Estreou em 13/06/2009. De 12/06/2011 a 26/06/2011.
    Saiba mais
  • Grátis / Para crianças

    Le Petit Cirque Fratelli
    VejaSP
    Sem avaliação
    De Paulo Rogério. Em boa atuação, os atores Célia Borges e Kiko Caldas, do grupo Acrobático Fratelli, interpretam um casal de humildes vendedores de bugigangas que herdam um pequeno circo. Parecendo ter vida, a lona se torna mais um personagem da peça. De seu interior saem o malabarista Caio Stevanovich e a contorcionista Gabriela Bernardo. Enquanto eles realizam surpreendentes números circenses, os atrapalhados comerciantes divertem a plateia com palhaçadas. Estreou em 07/06/2011. Até 25/09/2011.
    Saiba mais
  • Grátis / Para crianças

    O Buda e a Baleia
    VejaSP
    Sem avaliação
    De Cris Miguel e Sergio Serrano, da Cia. Ópera na Mala. Por meio do kamishibai (técnica japonesa de narração que utiliza painéis ilustrados em uma estrutura de madeira), duas histórias tradicionais da cultura budista são apresentadas: O Buda e a Baleia e A Raposa e o Samurai. Na primeira, a Baleia Azul, grande cantora de ópera do fundo do mar, julga ser a maior das criaturas. Quando ouve falar de um enorme monumento, o Buda de bronze de Kamakura, manda seu ajudante Tubarão à superfície para tirar a prova. Na segunda parte, uma traiçoeira raposa invade uma aldeia de samurais fingindo ser um barbeiro. Ela raspa o cabelo de todos os guerreiros, exceto de um. Orgulhoso por ser o mais esperto entre os colegas, o homem sai à caça do bicho. Completam a narrativa melodias tradicionais japonesas. Com letras em português feitas por Cris e Sérgio, as músicas garantem a diversão da montagem. A trilha sonora é tocada pelo próprio elenco, que usa instrumentos típicos, como tambores e uma espécie de banjo de três cordas chamado shamisen. Cheio de espontaneidade, o casal convida o público mirim a acompanhar as letras e as cômicas coreografias. Estreou em 11/06/2011. Acontece dia 03 e 11/12/2011.
    Saiba mais
  • Resenha por Tatiane Rosset: De Verônica Gerchman. Fundadora da Cia. Truks de Animação em 1990, ao lado de Henrique Sitchin e Cláudio Saltini, a bonequeira Verônica Gerchman apresenta agora a primeira peça infantil de seu próprio grupo, o Morpheus Teatro. Com a mesma destreza dos trabalhos da Truks, a autora e diretora do espetáculo e os atores-manipuladores João Araujo, Yuri de Franco, Luana de Lucca e Dani Boni manipulam os protagonistas da trama: Florência e Rodolfo, duas crianças que se conhecem em um tanque de areia. Enquanto a boneca ruiva é extrovertida, o menino mostra-se tímido e curioso. Aos poucos eles se tornam amigos e passam a vivenciar histórias inventadas na hora — a caça a um tesouro ou o resgate de uma princesa presa na torre de um castelo, por exemplo. Simples como um jogo infantil, a montagem prima pelos movimentos realistas e pela graciosa expressão e dublagem das figuras. Encanta a cena na qual Rodolfo corre pela areia: até o efeito de câmera lenta é representado. Embora aparentes, com o decorrer da peça a plateia passa a ignorar os manipuladores — e os bonecos ganham vida própria. Estreou em 08/08/2010. Até 26/08/2012.
    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO