Mistérios da Cidade

Achados e perdidos do Parque Ibirapuera tem mais de quarenta chaves

Por: Edison Veiga [Fabio Brisolla e Filipe Vilicic] - Atualizado em

Todos os dias, pelo menos três pessoas procuram Evangelista Bernardo Viana atrás de chaves desaparecidas. Conhecido por "Maizena", ele é proprietário do bicicletário do Parque do Ibirapuera. Há vinte anos, teve a idéia de montar um curioso cantinho de achados e perdidos. Num arame, ficam dependurados cerca de quarenta molhos de chaves. "Já trouxeram até um relógio de ouro para eu guardar", diz ele. "O dono apareceu depois de dois meses."

Fonte: VEJA SÃO PAULO