Carnaval

Acadêmicos do Tucuruvi fala sobre o povo nordestino

Samba-enredo deste ano retrata a alegria e o orgulho dos que se mudaram para São Paulo

Por: Bruna Gomes e Gabriela Simionato - Atualizado em

Acadêmicos do Tucuruvi - Carnaval 2010
Acadêmicos do Tucuruvi: samba-enredo de 2011 homenageia povo nordestino (Foto: Jefferson Pancieri/SPTuris)

"Oxente, O Que Seria da Gente sem Essa Gente? São Paulo: A Capital do Nordeste!"

Compositores: Vaguinho, Edu Leão, Doutor, Rigolon e André União

Sou cabra da peste, vim lá do nordeste

São Paulo é minha capital

Levando alegria, eu vou por aí

Eu sou valente, sou Tucuruvi

Vou embarcar nessa aventura

Em busca de um lugar ao sol

Trago no peito desafio e esperança

Na bagagem a lembrança,

Sonho ou realidade.

Vou construindo ilusão,

Erguendo os pilares da cidade,

Deixando marcas da minha tradição

Ao som do tambor, a fé em louvor, religião

“Oxente” festeira, acende a fogueira, é São João

Vem, vem provar

O sabor que vem de lá

Esse gosto, esse tempero

É de fato brasileiro.

Da sanfona um acorde tocou forte o coração

Olha o povo dançando pra lá,

Arrastando a sandália pra cá,

O forró ta danado de bom

Um sorriso é a moldura do meu traço cultural

Quando a gente se encontra, a mistura é natural.

Carrego na alma a bravura

E o orgulho de ser quem eu sou

Vai meu samba, vai! Reconheça o meu valor!

Fonte: VEJA SÃO PAULO