Noite

Absolut Inn faz últimas noites na Rua Oscar Freire

Confira a programação de encerramento do espaço, planejado para durar três meses

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Absolut Inn - balada 2
Absolut Inn: últimos dias de festa (Foto: Divulgação)

Eles avisaram e chegou a hora: a Absolut Inn encerra suas atividades esta semana três meses após a abertura, na Rua Oscar Freire. Para quem ainda não conheceu, estes são os últimos dias para visitar o espaço "pop-up" montado pela famosa marca de vodca, misto de bar, balada e espaço para exposições. Para quem foi e gostou, ainda tem oportundiades para aproveitar.  A programação tem  três dias de festa --na sexta, no entanto, a balada é fechada para convidados. Miss Má, Foka, Zegon, Fernando Nascii, Giovanna Rouvier e Marô Cortez estão escalados para a última semana, com uma mistura que vai do eletrônico ao puro rock, passando por funk e disco. Confira a programação.

Quinta-feira (13)

Miss Má
DJ Miss Má: na noite de quinta, ela comanda a festa antes da casa fechar as portas (Foto: Gabriela Tesserolli)

A partir das 17h, a DJ Miss Má manda o som conforme o gostos do público. No set, lounge music ao rock e eletrônico. Já o DJ Focka tem a missão de satisfazer a galera do rock com indie e electro rock.

Sexta-feira (14)

DJ Zegon
DJ Zegon: ele comanda a festa exclusiva em homenagem ao Inn (Foto: Divulgação)

A festa é exclusiva para convidados ao som do DJ Zegon e Fernando Nascii.

Sábado (15)

Giovanna Rouvier e Marô Cortez - Absoluti Inn
Giovanna Rouvier e Marô Cortez: última apresentação no Absolut Inn (Foto: Divulgação)

Último dia! Para encerrar a temporada, quem passar por lá vai curtir a festa Sisterhood, da dupla Giovanna Rouvier  e Marô Cortez que trazem eletropop, synthpop, hip hop, funk e disco para fazer a despedida em grande estilo.

Absolut Inn

A casa abre às quintas e sextas das 17h à 1h e no sábado, das 16h à meia noite. Até as 21h, a entrada é gratuita. Após o horário,  são R$ 30,00 de consumação. O endereço é Rua Oscar Freire, 565, Jardins.

Fonte: VEJA SÃO PAULO