Saúde

AACD precisa de 8 milhões de reais para fechar o ano no azul

Apesar do recorde de arrecadação do Teleton no último fim de semana, associação ainda corre atrás de doações

Por: Ana Carolina Soares

aacd teleton
Silvio Santos celebra no palco o recorde de arrecadação no encerramento do Teleton, no domingo (25) (Foto: Reprodução Facebook)

A arrecadação do Teleton, maratona televisiva em prol da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) no SBT, bateu recorde neste ano. Entre a sexta (23) e segunda (26), foram doados 32,8 milhões de reais, a maior quantia de todas as dezoito edições do programa. “Foi 10% a mais do que esperávamos, mas ainda não conseguimos fechar as contas”, diz Angelo Franzão, superintendente de marketing e captação de recursos.

aacd executivos
Os superintendentes Franzão e Galvan: "a pior crise em 65 anos de história" (Foto: Mario Rodrigues)

Em 2015, a associação passa pela pior crise de seus 65 anos de história. No balanço deste ano, está prevista uma receita de 120 milhões de reais. Por outro lado, as despesas chegam a 170 milhões de reais. Os 50 milhões esperados deverão vir de doadores. “Ainda precisamos de aproximadamente 8 milhões de reais até dezembro para fechar o ano no azul”, diz Franzão. Após o Teleton, funcionários de lá vão passar o chapéu novamente: haverá uma espécie de rifa de dois carros de luxo.

aacd fachada
Fechamento daunidade de Santana: 240 pacientes remanejados (Foto: Leonardo Benassato/ Estadão Conteúdo)

+ Homem é baleado em tentativa de assalto no Morumbi

Por causa do aperto, em outubro, dois dos cinco centros de recuperação na capital fecharam suas portas: um em Santana, na Zona Norte, e outro em Campo Grande, na Zona Sul. Cada um tinha 1200 metros quadrados e oferecia fisioterapia, terapia ocupacional, psicólogos e médicos. Juntos, realizavam 43 600 atendimentos por ano. Os clientes foram transferidos para as unidades do Ibirapuera e da Mooca. A associação não pretende fechar mais unidades.

+ Confira as principais notícias da cidade

Fonte: VEJA SÃO PAULO