Mistérios da Cidade

A Torre do Banespa está à venda por 48 milhões

Por: Daniel Nunes Gonçalves [Caio Barretto Briso, Filipe Vilicic, Giuliana Bergamo e Maria Paola de Salvo] - Atualizado em

Cartão-postal paulistano, o Edifício Altino Arantes, conhecido como Torre do Banespa, está à venda por 48 milhões de reais. Até setembro, os 150 funcionários do Santander que ainda trabalham ali deverão ser transferidos para o arranha-céu construído no antigo esqueleto da Eletropaulo, na esquina da Avenida Juscelino Kubitschek com a Marginal Pinheiros, na Vila Olímpia, comprado pelo banco espanhol por 1 bilhão de reais. A mudança marca o fim de um vaivém judicial entre a construtora WTorre e a CET. Para diminuir o impacto no trânsito a ser causado pelos mais de 5 000 funcionários que trabalharão no prédio - vindos de vários imóveis do banco -, a prefeitura exigiu algumas obras viárias, que custariam 80 milhões de reais. A construtora reagiu entrando na Justiça com a alegação de que o valor era abusivo. Mas a CET recorreu. Em acordo assinado no último dia 17, a WTorre se comprometeu a cumprir parte das exigências em seis meses. Gastará 9,6 milhões de reais para construir novas pistas na Marginal e instalar semáforos e câmeras na região. Outras obras poderão ser feitas até 2011, quando devem ser inaugurados no complexo um shopping, um hotel cinco-estrelas e mais uma torre comercial.

Fonte: VEJA SÃO PAULO