Memória Paulistana

A antiga rodoviária da Júlio Prestes

Por: Daniel Nunes Gonçalves [Giovana Romani e Sara Duarte] - Atualizado em

Antes de o Terminal Rodoviário Tietê ser construído, os ônibus de viagem chegavam e saíam da capital pela Praça Júlio Prestes, no bairro da Luz. Inaugurada em 1962, a antiga rodoviária era um monumento kitsch, com sua cobertura colorida. Mas o caótico trânsito do centro fez com que ela ficasse inviável, conforme relata a jornalista Vanessa Barbara em O Livro Amarelo do Terminal, da Editora Cosac Naify. Aberta em 1982, num terreno de 120 000 metros quadrados na Zona Norte, a rodoviária do Tietê é a segunda maior do mundo, atrás apenas da de Nova York. No lugar do antigo terminal funciona um shopping de roupas populares que está em processo de desapropriação para abrigar a São Paulo Companhia de Dança.

Fonte: VEJA SÃO PAULO