TURISMO

Sete motivos para cair na estrada e sair de São Paulo durante o feriado

Para fazer compras, comer bem ou passear com a família, selecionamos boas atrações que estão a menos de 200 quilômetros da capital

Por: Thais Reis - Atualizado em

fazenda-chocolate
Fazenda do Chocolate, em Itu: comilança num lugar com visual do Brasil colônia (Foto: Divulgação)

Descansar durante o feriado não precisa ser sinônimo de ficar largado no sofá durante quatro dias. A folga prolongada de Corpu Christi pode ser uma ótima oportunidade para fazer um 'detox' da correria do dia a dia em São Paulo. Confira sete bons motivos para conhecer atrações de pequenas cidades próximas da capital.

+ Cinco motivos para conhecer o Escape 60

1- Comer (muito) bem

Não dá pra negar que gastronomia é uma das paixões dos paulistanos. Sim, São Paulo reúne alguns ótimos endereços para comer e beber, entre eles o Maní, que acabou de ser eleito o 41º do ranking de cinquenta melhores do mundo. Mas alguns estabelecimentos de pequenas cidades do estado são capazes de agradar a todos os paladares. Para quem tem paladar de formiguinha, Águas de São Pedro é o lugar: além clima tranquilo e das fontes terapêuticas, os pavês e bolos da Zuleika’s Doces (Avenida Carlos Mauro, 338 | (19) 3482-2142) e os licores da Eldorado Tudo Caseiro (Avenida Carlos Mauro, 341, loja 01 | (19) 3482-1756) valem os 180 quilômetros da viagem.

1075
Zuleika's Doces, a doceria mais procurada por moradores e visitantes de Águas de São Pedro. (Foto: Barbara Öberg)

Já em Embu das Artes, a sugestão é conhecer o Empório São Pedro (Rua Siqueira Campo, Viela das Lavadeiras, casas 28 e 75 | (11) 4781-2797), simpático restaurante numa viela do centro histórico da cidade que serve um menu franco-italiano.

2- Curtir a natureza

De vez em quando, é preciso descansar o olhar da paisagem meio acinzentada. Para trocar os arranha-céus por um cenário mais verde,  Itu é uma das melhores opções próximas à capital. Esqueça o orelhão e outros objetos gigantes: a verdadeira grandeza está nas belezas naturais da região. As opções não acabam: conhecer o ciclo completo da produção cafeeira na Fazenda Santo Antonio da Bela Vista (Rodovia do Açúcar, km 28 | (11) 4023-1335), os paredões rochosos do Parque do Varvito (Rua Parque do Varvito, s/nº, Nossa Senhora da Candelária | (11) 4022-2181) ou então praticar arvorismo e tirolesa no Parque Maeda (Rodovia Santos Dummont, km 18 | (11) 2118-6200).

+ As atrações mais bombadas da KidZania

Em Águas de São Pedro, um dos endereços mais procurados é o Mini-Horto (Rua Raul Ribeiro da Costa, s/nº | Informações: 19 3482-1652), um parque com trilhas fáceis de serem percorridas e lagos cheios de carpas. A área verde de 14 000 metros quadrados reúne mais de 5 000 mudas de plantas em um grande viveiro – há, por exemplo, jacarandá, oiti, mogno, aroeira e pau-brasil. O local também ganhou fama por abrigar um altar com imagens de São Francisco de Assis e Santiago de Compostela.

mini horto-2
(Foto: Bárbara Öberg)

3- Divertir a criançada

Quem tem filhos sabe como é difícil encontrar opções para entreter os pequenos durante quatro dias de folga. Para quem quer fugir dos desenhos animados e das surradas opções de shopping, os arredores da capital têm várias atrações interessantes. É o caso da Cidade das Abelhas (Estrada da Ressaca, km 7 | (11) 4703-6460), em Embu das Artes. Distante do centro, numa área preservada da Mata Atlântica, reúne museu, sala de palestras e playground, tudo dedicado a elas. Boa notícia: os menores de três anos não pagam.

Cidade das Abelhas
Abelha com 18 metros de comprimento da Cidade das Abelhas (Foto: Divulgação)

Em Itu, a Fazenda do Chocolate (Estrada-Parque, km 90 | (11) 4022-5492) tem atrativos que vão muito além dos docinhos de cacau. Ponto de apoio dos bandeirantes em suas viagens às margens do Rio Tietê, ela mantém algumas construções coloniais do século XVII, como a casa-sede e a senzala, hoje ocupadas por lanchonetes e lojinhas, bem como um viveiro de bichos como pavões, araras, lhamas e ovelhas. Nos fins de semana, são promovidas atividades como passeio a cavalo (42 reais, uma hora) e visita à fábrica de chocolate.

4- Compras, compras, compras

Para quem quer voltar para a cidade grande cheio de sacolas, a cidade de Pedreira é o destino ideal. A 138 quilômetros da capital, a "cidade da porcelana" reúne 450 estabelecimentos de itens decorativos e utensílios domésticos. As lojas do município também são bastante requisitadas por quem viaja em busca de matéria-prima para fazer artesanato. O turismo de compras gera 9 000 empregos, o que corresponde a cerca de 20% dos pedreirenses.

Entre os estabelecimentos mais conhecidos está o Casarão Real de Pedreira (Praça Cel João Pedro, 141 | (19) 3852-3088)casa no estilo colonial com os cômodos cheios de prateleiras com uma infinidade de produtos diferentes. São panelas de barro, bules, objetos de decoração, vidros, quadros e redes, entre outros.

Pedreira - Casarão
O Casarão, em Pedreira (Foto: Mariana Oliveira)

Quem gosta de comprar barato vai encontrar o oásis em Embu das Artes. A cidade dois outlets que oferecem descontos de até 80%. O BBB Outlet (Avenida Elias Yazbek, 1911 |  (11) 4785-0090) oferece peças de marcas famosas como Morena Rosa, M.Officer, Hering, entre outras. No Outlet Mega Mult (Avenida Elias Yazbek, 1783) , é possível comprar artigos infantis por peso (129 a 220 reais o quilo). Logo ao lado, num segundo endereço, os adultos também conseguem garimpar roupas por preços camaradas. 

5- Sair da rotina com seu amor

A combinação Dia dos Namorados chegando, frio e feriado prolongado é a oportunidade perfeita para surpreender namorados/maridos/peguetes com uma viagem romântica. Para os amantes de cerveja, dá para esquentar um clima com o passeio pela Brasil Kirin (Rodovia Marechal Rondon, km 111) em Itu. O rolê pela fábrica de bebidas tem duração média de duas horas e custa 10 reais por pessoa. O visitante conhece a estação de tratamento de água, o laboratório e o setor onde são engarrafados cervejas, sucos e refrigerantes. O tour é finalizado com degustação de chope direto do tanque da fábrica.

grande-hotel-sao-pedro
O Grande Hotel São Pedro (Foto: )

Em Águas de São Pedro, o luxuoso Grande Hotel São Pedro (Parque Doutor Octávio Moura Andrade, s/n° | (19) 3482-7600) oferece programação para o fim de semana todo.O endereço foi inaugurado como hotel-cassino no mesmo ano de fundação da cidade, 1940, virou ponto de referência e atração turística da região. Hoje, o bonito prédio de estilo art decó funciona como hotel-escola do Senac e sedia um dos mais prestigiados cursos de gastronomia e hotelaria do país.

Ainda no local, dá para aproveitar os dias livres relaxando no balneário do hotel. O serviço conta hidromassagem com turbilhão e cascata, saunas seca e a vapor, massagens e tratamentos estéticos faciais e corporais. Muito requisitado, o banho de água sulfurosa, com duração de 20 minutos, sai a 45 reais para visitantes.

Fonte: VEJA SÃO PAULO