Shows

50 Cent leva ao Via Funchal rap que agrada a playboys e patricinhas

Rapper retorna ao Brasil depois de seis anos e apresenta sucessos como 'Before I Self Destruct' e 'In da Club'

Por: Pedro Ivo Dubra - Atualizado em

50 Cent leva ao Via Funchal rap que agrada a playboys e patricinhas Foto 2
O astro: turnê do último disco, Before I Self Destruct (Foto: Divulgação)

Seis anos depois de pedir incontáveis vezes ao público do Estádio do Pacaembu para levantar as mãos, o rapper americano 50 Cent retorna à cidade. Sem abandonar por inteiro a pose de bad boy vendedor de 28 milhões de discos (seu último álbum se chama ‘Before I Self Destruct’, algo como “antes de me autodestruir”), o cantor nascido Curtis James Jackson III, de 35 anos, aparenta estar mais tranquilão. Criou, por exemplo, um festival para crianças em seu bairro natal, o South Jamaica, no Queens nova-iorquino — o mesmo lugar onde traficou drogas, foi preso, iniciou sua trajetória musical e levou nove tiros. 50 Cent agora tem chamado fãs para subir ao palco e empresta sua imagem lucrativa a negócios nos ramos da moda e dos videogames, entre outras iniciativas.

Batizado de ‘The Invitation Tour’, o espetáculo trazido ao Brasil centra-se nas faixas de ‘Before I Self Destruct’, CD lançado em novembro e cujo título também está em um filminho incluído no pacote — o rapper, aliás, tem se arriscado como ator: emagreceu 25 quilos para viver um jogador de futebol com câncer em ‘Things Fall Apart’, que deve estrear nos cinemas em 2011. Mas não ficam de fora do repertório hits de outros trabalhos, como ‘I Run New York’,’ What Up Gangsta’ e ‘In da Club’, para o delírio de playboys e patricinhas. Nos telões, imagens de armas apontadas para a plateia. Abertura da banda Dughettu e do DJ Negralha, ambos do Rio de Janeiro.

Fonte: VEJA SÃO PAULO