Balada

5 festas que prometem agitar a noite paulistana

Entre elas, a inauguração do novo Bar d’Hotel Cambridge e uma farra comandada por @Katylene

Por: Catarina Cicarelli - Atualizado em

Daniel Carvalho Katylene
Daniel Carvalho ganha festa: criador de Katylene vai comandar noite no The Society (Foto: Divulgação)

A vida noturna em São Paulo não para de se renovar, como se percebe pelas levas de festas que surgem o tempo todo nos mais diferentes clubes. Uma delas é I Feel Love, organizada pelo DJ Camilo Rocha e por Emmanuel Vilar, que também é responsável pela edição paulistana da festa recifense Sem Loção. A balada acontece em um lugar fora do circuito de casas noturnas: o Teatro Coletivo, na Rua da Consolação. Para a primeira edição, o som ficará a cargo de Dubstrong, Boss in Drama e, é claro, do organizador Rocha.

+ O fim do Hotel Cambridge

+ Baixo Augusta ganha novas baladas

+ Guia VEJA SÃO PAULO Cai na Noite

+ Hipster, que diabo é isso?

Outra novata é a festa Alt+Tab, da Funhouse. Inspirada na internet (o nome representa a ação que muda a janela visualizada no computador), traz como DJs algumas celebridades da web. Em sua segunda edição, que acontece na sexta que vem (12), terá entre os convidados Pierre Artistta, um dos responsáveis pelo Twitter @tiposdebiscat e a blogueira Marina Santa Helena, do Supremas. Na noite, Junior “Dr. Drinks”, mixologista que escreve para o blog Papo de Homem, preparará bebidas inspiradas em cada um dos convidados. Tweets com a hashtag #alt+tab aparecerão num telão que também exibirá fotos de Instagram feitas por dez pessoas que serão escolhidas no local.

+ Xaveco virtual: mande um recado anônimo para quem você gosta

Também em sua segunda edição, a Dossiê 73 trocou o The Society, onde ocorreu em julho, pelo Bar Secreto. O endereço é apropriado para a proposta da balada, que pretende ser uma reunião de amigos dos organizadores, o empresário Houssein Jarouche e o promoter Fabio Queiroz. De fato, apenas amigos da dupla estarão por lá, já que só é possível entrar no sábado (6) se você for um dos 600 nomes na lista de convidados deles.

Em abril, boêmios da cidade se sentiram órfãos ao receber a notícia de que o Hotel Cambridge, outrora palco de festas como a Gambiarra e a Trash 80’s, havia sido desapropriado pela prefeitura. Já na época, o empresário Francisco Mafra prometeu para junho o substituto para o local — um espaço que uniria as pistas dos contíguos Picasso e Salvador Dalí, na Rua Álvaro de Carvalho, com um imóvel na Rua João Adolfo. Quase dois meses depois do previsto, eis que o Bar d’Hotel Cambridge finalmente será aberto.

A data inicial seria no sábado (6), mas a reforma demorou mais do que o esperado. Muitos dos apetrechos do antigo Cambridge, inclusive um piano de calda e pedaços do piso, foram transferidos para o novo endereço. A inauguração foi adiada uma semana — está prometida para o sábado (13), e marcará também a estreia da festa Neon Lights. A proposta da noite é unir hits dos anos 80 com músicas atuais e a trilha sonora será comandada pelos DJs Alisson Gothz, Omar & Tonyy.

Outra boa novidade deve estrear ainda neste mês. É a noite Vem Gentchy!, comandada pelo DJ Daniel Carvalho, nome por trás da famosa personagem de blog e Twitter Katylene, prevista para o dia 27, no The Society. Já conhecido por discotecar em lugares descolados como o Glória, ele escolheu o nome como referência a uma das populares gírias do personagem (que, por sua vez, vem de um meme inspirado na Xuxa). A proposta é que a festa fuja dos “carões” e seja algo divertido, focado na música pop. “Durante toda a semana as pessoas se jogam na balada e normalmente de sábado, que é um dia ótimo para sair, faltam boas opções”, conta Katy, ou melhor, Carvalho. A balada terá no som os DJs Chiara Rodello, Lalai e Boss In Drama. “E uma celebridade surpresa”, adianta o organizador.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO