Roteiro

15 bares que você precisa conhecer em São Paulo

De pontos tradicionais a endereços que estão na moda, confira uma lista variada para petiscar e beber na capital

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Destacar-se em meio à enorme oferta de bares da capital não é uma tarefa fácil. Alguns endereços fazem tanto sucesso que ganharam o status de ponto turístico, a exemplo do Terraço Itália. Outros conquistaram os clientes pela simplicidade, como a Mercearia São Pedro e o Bar do Giba, que costumam atrair moradores da região. Novidade no setor e especialista em drinques, o Frank é um dos mais comentados do momento. Na onda dos ikazayas (bares japoneses), o Matsu, em Pinheiros, é uma boa pedida. 

+ Bares onde provar uma boa polenta cremosa

Confira a seguir uma seleção de 15 bares imperdíveis para todo tipo de público:

  • Chope e cerveja

    Balcão

    Rua Doutor Melo Alves, 150, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3063 6091

    VejaSP
    4 avaliações

    Cheio de meandros, o balcão de 25 metros de comprimento toma todo o térreo. As cinquenta banquetas são ocupadas por casais e pequenos grupos. Nem sempre no ponto, o chope da cervejaria paulista Oak Bier custa R$ 6,50. Como alternativas, há o correto bloody mary (R$ 21,00) e garrafas de vinho. Uma página inteira do cardápio lista versões de hambúrguer. O sírio (R$ 25,00) traz um bifão de carne moída úmido e ao ponto no pão sírio crocante com queijo prato, tomate verde, alface fresquinha e batata palha.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bar-restaurante

    Bar da Dona Onça

    Avenida Ipiranga, 200, Centro

    Tel: (11) 3257 2016

    VejaSP
    31 avaliações

    No decorrer do ano, a chef Janaina Rueda apareceu em programas de TV, reformulou a merenda da rede estadual e ajudou o marido, Jefferson Rueda, a montar A Casa do Porco Bar. Mesmo tão ocupada, ainda conseguiu manter a qualidade desta casa. Reinam no menu receitas difíceis de não agradar, como a moela úmida de aperitivo (R$ 43,00) e o mexido de arroz, feijão, carne moída, couve e farinha coberto de ovo frito (R$ 49,00). Saboroso, o bloody mary (R$ 32,00) é uma ótima maneira de iniciar a petiscaria.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Botecos

    Bar do Giba

    Avenida Moaci, 574, Moema

    Tel: (11) 5535 9220

    VejaSP
    4 avaliações

    Garrafas antigas do refrigerante Crush e uma coleção de latas de cerveja povoam as prateleiras deste lugar que figura no panteão dos botecos da cidade, tocado pelo ex-bancário Gilberto Abrão Turibus, o Giba. Expert em boemia, o proprietário treina bem a equipe, sempre pronta a levar à mesa uma nova garrafa de cerveja geladíssima (Brahma, R$13,90) e capaz de fazer uma ótima caipirinha de caju e tangerina (R$ 24,50). Vermelho no centro, o bolinho de carne (R$ 4,95) é muito saboroso.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Botecos

    Bar do Luiz Fernandes

    Rua Augusto Tolle, 610, Mandaqui

    Tel: (11) 2976 3556

    VejaSP
    25 avaliações

    Trata-se de um dos mais autênticos (e bombados) botecos da cidade, fundado pelo casal Luiz e Idalina Fernandes, homenageado como a dupla personalidade gastronômica neste ano. Os ambientes com as banquetas de plástico sempre ocupadas ganharam nova companhia, o salão extra dos fundos. Contribuiu para a fama do lugar o ótimo bolinho de acém moído, que tem uma incrível crosta tostadinha (R$ 5,00). A mesma receita virou uma porção de almôndegas: vem na tigela em molho de tomate e é apelidada de mamma mia (R$ 10,00). Molhe a garganta com uma despretensiosa cervejinha em garrafa (Bohemia, R$ 12,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Bar Léo

    Rua Aurora, 100, Santa Efigênia

    Tel: (11) 3221 0247

    VejaSP
    Sem avaliação

    O que falar de um bar que segue na mesma toada desde 1940? Gente de toda a cidade continua a se apinhar no folclórico salão de decoração da Baviera em busca do chope Brahma (R$ 8,50) e dos petiscos benfeitos. O bolinho de carne (R$ 29,00, três unidades) faz jus à fama e vem bem temperado. Outra pedida que costuma agradar é o bolinho de bacalhau (R$ 8,50). Mas é bom ficar esperto: o primeiro sai de segunda a sexta e o segundo, só às quartase aos sábados. Pratos também têm dia certo para aparecer, como a rabada com agrião e polenta (R$ 39,00) das terças.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Casa de Francisca

    Rua José Maria Lisboa, 190, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3052 0547

    VejaSP
    Sem avaliação

    Somente 44 pessoas têm a oportunidade de estar ali a cada noite. Por isso, é imprescindível fazer reserva para curtir os shows intimistas de gente como Arrigo Barnabé, Tulipa Ruiz e Rômulo Fróes. A maioria do público é formada por casais e costuma pedir uma garrafa de vinho. Mas há também drinques, como o gim-tônica (R$ 35,00). Com o mesmo espírito de compartilhamento, saem comidinhas como a porção de faláfel acompanhada de pão sírio mais pepino e beterraba cortados em bastões (R$ 30,50). Em respeito aos músicos, as pedidas só são servidas antes ou depois das apresentações. Até o fim do ano, está prevista a inauguração da segunda unidade, dentro de um palacete histórico na Rua Quintino Bocaiúva, no centro.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Cervejas especiais

    Delirium Café

    Rua Ferreira de Araújo, 589, Pinheiros

    Tel: (11) 2495 2225

    VejaSP
    9 avaliações

    Lá em Bruxelas, o Delirium Café é um bar com uma respeitosa seleção de chopes e cervejas. A unidade paulistana segue a mesma linha, ainda que não fique perto de um ponto turístico tão lindo quanto a Grand-Place. Dos 350 rótulos engarrafados, cuja lista o cliente deve consultar pelo próprio celular, boa parte é belga, como a Bacchus Frambozenbier (R$ 53,00, 375 mililitros), com framboesa na fórmula, e a clássica que batiza a casa, a Delirium Tremens (R$ 35,00, 300 mililitros).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Empório Alto dos Pinheiros

    Rua Vupabuçu, 305, Pinheiros

    Tel: (11) 3031 4328

    VejaSP
    17 avaliações

    Um tufão chamado crise econômica e alta do dólar passou por São Paulo. O resultado se mostrou devastador: as prateleiras perderam um sem-número de rótulos de cerveja. No Empório Alto dos Pinheiros não foi diferente: há um ano tinha 750 opções, hoje exibe 660. “Os importadores deram uma segurada”, explica o sócio Paulo Almeida. Ainda assim, o lugar permanece com uma das maiores ofertas — nacionais e internacionais — da cidade, para onde o GPS dos cervejeiros continua a apontar. O visitante, ao chegar, diverte-se escolhendo sua garrafa direto das geladeiras. Se preferir, pode passar no caixa, botá-la na sacola e bebê-la em casa. Até o fim do ano, o endereço vai aumentar a quantidade de chopes de 34 para 44, conservados em uma câmara fria debaixo do balcão.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    Filial

    Rua Fidalga, 254, Vila Madalena

    Tel: (11) 3813 9226

    VejaSP
    6 avaliações

    Foi o primeiro endereço (ainda em atividade) inaugurado pelos irmãos Altman na Vila Madalena. A cozinha segue até as 3h30 às sextas e aos sábados, o que fez com que a casa ganhasse status de bar de fim de noite. O salão, com jeito de boteco antigo, fecha mais tarde ainda. Os garçons, espertos, ficam de olho nas mesas e repõem rapidamente (até demais) o bem tirado chope Brahma (R$ 7,90). Há também cerca de cinquenta rótulos de cachaça. A linguiça toscana na chapa chega junto de farofinha e couve frita (R$ 34,50).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Drinques

    Frank

    Alameda Campinas, 150, Bela Vista

    Tel: (11) 3145 8000

    VejaSP
    2 avaliações

    Para chegar à excelência do que mata a sede — etílica — da clientela, o barman Spencer Amereno Jr. trabalha como se fosse um chef de cozinha. Seleciona os melhores produtos e pensa com carinho na apresentação das criações e releituras de clássicos. À sua disposição, ele tem a estrutura da cozinha do Hotel Maksoud Plaza, onde fica o bar. Uma bartender-cozinheira o assiste no preparo de infusões, sucos e tinturas enquanto outro auxiliar o ajuda a esculpir o gelo, peça fundamental na coquetelaria. O resultado é encontrado no copo em delícias como o the crusher (R$ 33,00, o preço de todos os drinques), que junta brandye rum envelhecidos, vermute tinto e pimenta-da-jamaica. E esse é só um dos muitos componentes do banquete que se tem por lá. Líquido, no caso.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

     

    Saiba mais
  • Japoneses

    Izakaya Matsu

    Avenida Pedroso de Morais, 403, Pinheiros

    Tel: (11) 3812 9439

    VejaSP
    5 avaliações

    A clientela é atendida em um balcão de madeira e pode observar de perto o preparo dos petiscos. Como o salão é apertadinho, foi aberto um espaço extra no piso superior para receber mais gente. A coxa e a sobrecoxa de frango em tiras, levemente queimadas no fogão, ganham um banho de molho cítrico (R$ 25,00). Para acompanhar, vão bem a salada de batata com legumes (R$ 18,00) e o oniguiri (R$ 10,00), bolinho de arroz recheado de peixe seco e envolto em alga crocante. Refresque-se com a cervejinha Kirin Ichiban (R$ 9,50 long neck).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Botecos

    Mercearia São Pedro

    Rua Rodésia, 34, Vila Madalena

    Tel: (11) 3815 7200

    VejaSP
    5 avaliações

    Jornalistas, músicos e universitários adoram o bar — ao contrário da vizinhança, que não raro reclama da algazarra na calçada. No ambiente sem frescura, todos bebem garrafas e mais garrafas de cerveja (Original, R$ 11,00) e doses e mais doses de cachaça (Seleta, R$ 8,00). Na hora da fome, recorre-se a sandubas bem recheados, como o bauru na baguete com rosbife, queijo curado derretido, tomate e pepino (R$15,80), e ao pastel (R$ 5,00), que é oferecido de mesa em mesa das 19h às 22h. No almoço, os pratos variam conforme o dia da semana e todos dão direito ao bufê de acompanhamentos instalado em um carrinho de inox.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Drinques

    Riviera Bar

    Avenida Paulista, 2584, Bela Vista

    Tel: (11) 3258 1268

    VejaSP
    17 avaliações

    Ao entrar, o visitante dá logo de cara comum bonito balcão vermelho. No piso de cima, o espaço é mais escuro, com vista para a Avenida Doutor Arnaldo. Clássico boteco paulistano, a casa reabriu em 2013 mais arrumadinha e como um bom lugar para investir nos coquetéis, hoje selecionados pelo talentoso bartender Kennedy Nascimento, que cuida dos endereços do grupo. O west side (R$ 26,00) é uma mistura de vodca, hortelã e limão-siciliano. Outro drinque bem-sucedido, o famous avenue (rum, bourbon, limão-siciliano e xarope de maple; R$ 29,00) alcança equilíbrio satisfatório. Para mastigar, a bruschetta caprese é cheia de frescor (R$ 33,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Drinques

    Terraço Itália - Bar

    Avenida Ipiranga, 344, Centro

    Tel: (11) 2189 2929

    VejaSP
    7 avaliações

    Fica no topo do Edifício Itália e tem status de programa turístico. Apareça à tarde e verá viajantes a fotografar o impressionante skyline da cidade. À noite, o clima é mais romântico, com apresentações diárias de jazz. O ótimo dry martini (R$ 38,00) acompanha a porção mista de pastéis sem bolhas na massa (R$ 36,00), com os recheios de camarão, queijo e palmito. Cobra-se entrada: R$ 30,00.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Botecos

    Veloso

    Rua Conceição Veloso, 54, Vila Mariana

    Tel: (11) 5572 0254

    VejaSP
    34 avaliações

    Não é difícil descrever o boteco em três palavras: fila, coxinha, caipirinha. Uma legião de fãs ocupa a calçada à espera de uma mesa. Mesmo antes de conseguir um assento, jávai devorando as coxinhas de tamanho médio (R$ 30,00, seis unidades), viciantes pela casquinha crocante e pelo recheio de frango ultracremoso. Para acompanhá-las, são imbatíveis as caipirinhas preparadas pela equipe do bartender Souza, como a de tangerina e pimenta (R$ 19,00). Não deixe de pedir o chopinho na tulipa (Brahma, R$ 7,80), muito bom. O vizinho Armazém Veloso (Rua Conceição Veloso, 48) tem o mesmo menu e tenta dar conta da demanda. Tenta.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO