Monte Líbano (Desde 1973)

Tipos de Restaurantes: Árabes
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Cavalheiro Basílio Jafet, 38- 1º andar - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 32294413
Horário:
segunda-feira
11:00 - 15:30
terça-feira
11:00 - 15:30
quarta-feira
11:00 - 15:30
quinta-feira
11:00 - 15:30
sexta-feira
11:00 - 15:30
sábado
Fechado
domingo
Fechado
Fecha nos feriados.
payment

Formas de pagamento

Cartões de crédito: Elo, Visa, Mastercard, Diners e American Express
Cartões de dédito: Elo, Visa Electron, Rede Shop e Maestro

check_circle

Informações adicionais

Entrega em domicílio ((11) 32294413), Lugares/Capacidade total (70), Comida (couvert) (Gratuito), Levar vinhos (permite) (Gratuito)

Resenha por Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

Escolhida a personalidade gastronômica do ano passado pela edição VEJA COMER & BEBER, a libanesa Alice Maatouk é a alma da cozinha. Do caixa, sua filha Regina supervisiona o salão. Mesmo quem é avesso ao burburinho da 25 de Março aprova o rodízio (R$ 63,90 o tradicional; R$ 74,90 o com dois pratos extras) e receitas deliciosas como o quibe michui recheado de pinhole (R$ 32,00). Caprichado na salsinha, o tabule (R$ 24,50) funciona como uma boa entrada. Das pedidas quentes, não deixe de provar a lentilha com arroz (R$ 27,50) e o charuto de folha de uva (R$ 36,00).

Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Comer e beber

    • 2016 - Participante

      Restaurantes árabes Comer & Beber

      Escolhida a personalidade gastronômica do ano passado pela edição VEJA COMER & BEBER, a libanesa Alice Maatouk é a alma da cozinha. Do caixa, sua filha Regina supervisiona o salão. Mesmo quem é avesso ao burburinho da 25 de Março aprova o rodízio (R$ 63,90 o tradicional; R$ 74,90 o com dois pratos extras) e receitas deliciosas como o quibe michui recheado de pinhole (R$ 32,00). Caprichado na salsinha, o tabule (R$ 24,50) funciona como uma boa entrada. Das pedidas quentes, não deixe de provar a lentilha com arroz (R$ 27,50) e o charuto de folha de uva (R$ 36,00). (Preços checados em setembro/outubro de 2016.)

      Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

    • 2015 - Participante

      Restaurantes árabes Comer & Beber

      Como mudar da água para o vinho um passeio pela enlouquecedora região da 25 de Março? Pare para o almoço neste restaurante comandado por Alice Maatouk e sua filha Regina. No 1º andar de um prédio próximo à loja da Camicado, o salão com varanda não chega a ser silencioso — longe disso. Mas as esfihas assadas na hora são um bálsamo. Na versão fechada, o salgado recheado de espinafre puxado na cebola com um pouquinho de tomate sai por R$ 5,50. À la carte, dá para pedir o trio de sedosas pastas (R$ 33,50), meia-porção do arroz de cordeiro (R$ 22,50) e uma abobrinha recheada (R$ 25,50) e ficar plenamente satisfeito. Mas também há a opção do rodízio tradicional (R$ 61,90) ou vip (R$ 69,90), com dois pratos extras (haja apetite!). Quem está sempre por ali pode variar o cardápio com sugestões do dia. Às segundas, há um nada árabe, mas saboroso, virado à paulista, com tutu cheio de pedaços de bacon e ovo frito com a gema mole (R$ 29,50). (Preços checados em setembro/outubro de 2015).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2014 - Participante

      Restaurantes árabes Comer & Beber

      Há quem nem desconfie que exista um restaurante, e dos bons, escondido no meio da muvuca que é a região da 25 de Março. Fica na sobreloja de um prédio em uma das ruas do pedaço. Comece pelo exercício. Sebo nas canelas e galgue os três lances de escada para chegar ao velho salão cheirando a tinta fresca. A primeira pessoa que você verá é Regina, filha da proprietária Alice Maatouk, uma senhorinha esperta de 80 anos que pilota o fogão. Responsável pelo caixa e pelo atendimento, Regina distribui sorrisos e pede a um dos garçons veteranos para indicar uma mesa livre, se houver uma, já que o lugar está sempre lotado. Esperar faz parte do programa. Existem duas maneiras de conhecer o cardápio. Na forma clássica, pede-se item a item — por isso os preços estão todos entre parênteses. A outra é investir numa das duas versões do rodízio, a tradicional (R$ 58,90) e a vip (R$ 69,90), que dá direito a uma sugestão extra como o quibe michui (R$ 25,00). Os demais pratos são o sedoso quibe cru (R$ 20,50), a chicória refogada (R$ 18,50), o arroz marroquino (R$ 28,50) e a ótima coalhada seca (R$ 20,50). (Preços checados em setembro/outubro de 2014).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2013 - Participante

      Restaurantes árabes Comer & Beber

      Na sempre agitada região da Rua 25 de Março, esta casa localizada no 1o andar de um edifício comercial segue como uma das melhores do gênero. Vale a pena chegar cedo e conseguir uma mesa na varanda para observar de lá as ruas de comércio popular. No cardápio, encontram- se antigas receitas libanesas muito difundidas no Brasil e preparadas pela dona Alice Maatouk, de 79 anos. Não há como não se render ao quibe cru (R$ 18,50), ao tabule com um toque de limão na medida (R$ 16,50) e à chicória refogada servida fria (R$ 16,50). Também entusiasmam grelhados como o michui de carne malpassada (R$ 32,50) e a cafta rica em ervas (R$ 13,50). Da seleção de arroz típico, a versão com frango e amêndoa (R$ 26,00) supera todas as outras. Essas pedidas podem ser saboreadas individualmente ou no rodízio, que possui uma opção ampliada e mais cara (R$ 69,90) com direito, por exemplo, ao espeto de cordeiro. O cordial atendimento é comandado por Regina, filha da proprietária. (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2012 - Indicado

      Restaurantes Árabes Comer & Beber

      Embora seja necessário subir as escadas que levam ao primeiro andar e o funcionamento se restrinja aos dias de semana, o apertado salão está sempre cheio. Em meio ao congestionamento de mesas e clientes, garçons oferecem as receitas preparadas sob a orientação direta da proprietária Alice Maatouk. Essa senhora cheia de vigor aos 78 anos é auxiliada pela filha, Regina. Talvez por isso a comida elaborada por elas possua um irresistível gostinho caseiro e tenha merecido 1 voto do júri do “Comer & Beber”. São irrepreensíveis o quibe cru, os charutos de folha de uva, as esfihas abertas de carne, a cafta rica em tempero... Essas sugestões podem ser pedidas individualmente ou no rodízio. Em versão ampliada com arroz marroquino mais uma opção, entre elas o tenro espeto de cordeiro ou o ótimo quibe grelhado.

      Veja SP

    • 2011 - Participante

      Restaurantes Árabes Comer & Beber

      Estabelecimento faz parte da edição Comer & Beber 2011/2012

      Veja SP

    • 2010 - Participante

      Restaurantes Árabes Comer & Beber

      Estabelecimento faz parte da edição Comer & Beber 2010/2011

      Veja SP

    Comentários
    Deixe uma resposta

    Olá, ( log out )

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s