Jardim de Napoli (Desde 1949)

Tipos de Restaurantes: Cantina / Trattoria
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Martinico Prado, 463 - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 36663022
Horário:
segunda-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - Último cliente
terça-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - Último cliente
quarta-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - Último cliente
quinta-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - Último cliente
sexta-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - Último cliente
sábado
12:00 - 16:00 - 19:00 - Último cliente
domingo
12:00 - 16:00 - 19:00 - Último cliente
monetization_on

Faixa de preço

De R$91.00 a R$130.00

payment

Formas de pagamento

Cartões de crédito: American Express, Diners, Mastercard e Visa
Cartões de dédito: Maestro, Rede Shop e Visa Electron

check_circle

Informações adicionais

Entrega em domicílio ((11) 3666-3022), Estacionamento/Valet (R$ 20.00), Lugares/Capacidade total (126), Comida (couvert) (R$ 4.50), Levar vinhos (permite) (R$ 40.00)

Resenha por Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

Experimente entrar nesta cantinona de quase setenta anos e não escolher o prato da casa. “Ué! Não vai de polpettone hoje por quê?”, solta o garçom, na lata. A surpresa se justifica: 70% dos pedidos incluem o bolo de carne recheado de queijo mussarela, empanado, frito no tacho, mergulhado em molho de tomate e depois gratinado com parmesão (R$ 60,00). O proprietário e inventor da receita, Toninho Buonerba, orgulha-se de produzir uma média de 400 unidades por dia. O salão de clima familiar e a simplicidade de outras sugestões, como o saboroso fusilli ao sugo (R$ 48,00), fazem a clientela se sentir à vontade, sem vergonha de pegar uma bela fatia de pão italiano para limpar o finalzinho do molho no prato.

Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Comer e beber

    • 2016 - Vencedor

      Restaurantes italianos (cantina) Comer & Beber

      Experimente entrar nesta cantinona de quase setenta anos e não escolher o prato da casa. “Ué! Não vai de polpettone hoje por quê?”, solta o garçom, na lata. A surpresa se justifica: 70% dos pedidos incluem o bolo de carne recheado de queijo mussarela, empanado, frito no tacho, mergulhado em molho de tomate e depois gratinado com parmesão (R$ 60,00). O proprietário e inventor da receita, Toninho Buonerba, orgulha-se de produzir uma média de 400 unidades por dia. O salão de clima familiar e a simplicidade de outras sugestões, como o saboroso fusilli ao sugo (R$ 48,00), fazem a clientela se sentir à vontade, sem vergonha de pegar uma bela fatia de pão italiano para limpar o finalzinho do molho no prato. (Preços checados em setembro/outubro de 2016).

      Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

    • 2015 - Participante

      Restaurantes italianos (cantina) Comer & Beber

      É daqueles restaurantes tão famosos na cidade que mesmo quem nunca pôs os pés no salão de entrada de paredes vermelhas e toalhas xadrez tem a sensação de conhecer a “Casa do Polpettone”. Se você está nesse time, não perca tempo e vá provar a criação do proprietário Toninho Buonerba. O bolão de carne achatado recheado de mussarela chega à mesa macio, envolto em molho de tomate com mais queijo parmesão (R$ 60,00) — uma delícia que justifica a notoriedade. Para acompanhar, escolha entre uma massa mais leve, como o espaguete à napolitana (R$ 46,00), com tomate fresco e azeitona, ou versões mais encorpadas, a exemplo do linguine ao creme de leite com cogumelo shiitake e parmesão ralado (R$ 53,00). A sobremesa também faz a linha à moda antiga, daquelas que agradam em cheio os paladares mais tradicionais: musse de chocolate bem densa (R$ 16,00). (Preços checados em setembro/outubro de 2015.)

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2014 - Participante

      Restaurantes italianos (cantina) Comer & Beber

      Conhecida também como a “Casa do Polpettone”, esta cantina celebrizou-se por servir o tal bolo de carne achatado, recheado de mussarela, empanado e frito (R$ 60,00). Existem receitas com o mesmo nome na Itália, mas nenhuma idêntica a essa. A criação é de Toninho Buonerba, dono do restaurante e eleito a personalidade gastronômica do ano passado por suas saborosas contribuições à mesa paulistana. Para quem quiser provar outra coisa, vale pedir o filé à parmigiana (R$ 60,00), que, como as demais indicações do cardápio, satisfaz duas pessoas. No caso dessas duas sugestões, as guarnições devem ser pedidas separadamente. Entre as massas, há o fusilli (R$ 48,00), uma variação do espaguete fresco mais grosso. Só no jantar, o restaurante assa uma seleção de deliciosas pizzas com coberturas clássicas, como a calabresa (R$ 58,00). Embora sejam pura tentação, é melhor se conter diante dos antepastos como alichela, sardela e berinjela mantidos em um balcão refrigerado: oferecidos em pequenas porções, eles podem encarecer bastante a conta. Custa R$ 20,00 a meia-porção e R$ 29,00 a inteira. (Preços checados em setembro/outubro de 2014).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2013 - Participante

      Restaurantes italianos (cantina) Comer & Beber

      Entra ano, sai ano e a cantina continua pequena para abrigar tantos fãs. Invariavelmente, o público que lota o velhusco sobrado de Higienópolis procura o polpettone à parmigiana (R$ 55,00), uma almôndega gigante e achatada que vai à frigideira até ficar com uma casquinha crocante. Quando esse bolo de carne (criado pelo dono, Toninho Buonerba, eleito a personalidade do ano deste especial) é cortado, escorre de seu interior mussarela derretida. Para completar o prato, o ideal é escolher uma das massas frescas, como o nhoque ao sugo (R$ 44,00). Enquanto espera o pedido ficar pronto, ataque o balcão de antepastos, onde repousam a sardela (R$ 26,00), os rolinhos de berinjela recheados de tomate seco (R$ 24,00) e as fatias de abobrinha grelhada (R$ 24,00). No jantar, continua a tirar do forno ótimas pizzas, entre elas a romana (mussarela e anchova; R$ 57,00). (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2013 - Vencedor

      Restaurantes personalidade gastronômica Comer & Beber

      Arrisque pedir um polpettone na Itália e a decepção pode ser grande. Por lá, o bolo de carne moída tem a forma de um salame, que pode ser assado, frito ou cozido no vapor. Nada parecido com a almôndega gigante tipicamente paulistana criada em 1970 pelo simpático Antonio Buonerba, dono do Jardim de Napoli. Sua intenção era aproveitar as aparas do filé à parmigiana. Toninho combinou a carne com diferentes temperos (mantidos em segredo), usou mussarela no recheio, empanou e fritou em óleo abundante. Pronto, surgia o prato, que permanece com uma casquinha crocante, mesmo imerso em molho de tomate e coberto por fios de parmesão. “Durante anos, ficávamos felizes quando saíam vinte numa noite”, conta. Só no início da década de 80 a delícia foi descoberta pela clientela e estourou. “Hoje, vendemos 1 200 unidades por semana, fora outras 3 000 nos três pontos de shopping”, diz, com orgulho. “Viramos a Casa do Polpettone.” Em vez de ficar na cantina, o empresário prefere passar o dia no seu QG, o Boteco do Tonico, do outro lado da rua. Ali, cuida de tarefas administrativas e também recebe amigos para saborear as pizzas que ele mesmo prepara e, claro, polpettones. Prestes a completar 74 anos, divide o comando dos negócios com os filhos Francisco, Ana Cristina e Rosana. “É importante transferir o controle a eles para que o negócio continue vivo”, afirma. Mas isso não significa aposentadoria. Pelo contrário. Toninho prepara-se agora para abrir uma moderna cozinha quase ao lado da cantina. Em seus planos está ainda a inauguração, na mesma quadra da Rua Martinico Prado, da Pizzeria Francesco. Trata-se de uma homenagem ao pai, um italiano de Nápoles, ótimo pizzaiolo e fundador da casa, em 1949. Por sua contribuição à boa mesa, Toninho Buonerba recebe o título de personalidade gastronômica do ano.

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2012 - Participante

      Restaurantes italianos (cantina) Comer & Beber

      Seus salões são pequenos para abrigar tantos fãs. Dois são os pratos mais pedidos: polpettone à parmigiana (bolo de carne recheado de mussarela e frito) e o fusilli con braciola (massa frescano molho de tomate guarnecida de carne enroladae cozida). Apenas no jantar é possível saborear uma das melhores pizzas dacidade, a clássica margherita.

      Veja SP

    • 2011 - Participante

      Restaurantes italianos (cantina) Comer & Beber

      Estabelecimento faz parte da edição Comer & Beber 2011/2012

      Veja SP

    • 2010 - Participante

      Restaurantes italianos (cantina) Comer & Beber

      Estabelecimento faz parte da edição Comer & Beber 2010/2011

      Veja SP

    • 2007 - Vencedor

      Restaurantes italianos (cantina) Comer & Beber

      Depois de três anos, a cantina volta ao pódio. Acumula, assim, seis vitórias na premiação do "Comer & Beber". O sucesso pode ser creditado a um prato especial, seu famoso polpettone. Inventado pelo proprietário Antonio Buonerba, o Toninho, tem sua fórmula guardada como segredo de estado. Nem parcialmente a receita foi revelada no livro Alla Napoletana, lançado em junho e que conta a história do restaurante. Quem já provou sabe quanto é delicioso esse bolo achatado de carne recheado de mussarela. A cada mês são vendidas 9.000 unidades na matriz, além de 5.000 no fast-food existente no Shopping Higienópolis e na rotisseria. Outras pedidas de primeira constam do cardápio. Boa parte foi criada por Maria Prezioso e Francesco, pais de Toninho, quando a casa foi aberta num barracão do Cambuci. Dentre elas, o delicioso fusilli artesanal ao molho de calabresa. Também são dessa época as pizzas, algumas excelentes, como a margherita e a escarola ao alho e óleo mais aliche. Oferece uma seleção de vinhos adequada aos pratos e indicada com simpatia pelo sommelier Braz Zacharias.

      Veja SP

    Comentários
    Deixe uma resposta

    Olá, ( log out )

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s