Brasserie des Arts (Desde 2012)

Tipos de Bares: Drinques
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Padre João Manuel, 1231 - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 30613326
Horário:
segunda-feira
19:00 - Último cliente
terça-feira
19:00 - Último cliente
quarta-feira
19:00 - Último cliente
quinta-feira
19:00 - Último cliente
sexta-feira
19:00 - Último cliente
sábado
13:00 - Último cliente
domingo
13:00 - Último cliente
payment

Formas de pagamento

Cartões de crédito: American Express, Diners, Mastercard e Visa
Cartões de dédito: Maestro, Rede Shop e Visa Electron

check_circle

Informações adicionais

Estacionamento/Valet (R$ 25.00), Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (120)

Resenha por Fábio Galib e Saulo Yassuda

Filial de um endereço na Riviera Francesa, o lugar é frequentado por gente abonada acima dos 30 anos e cenário de badalados jantares. Quem está a fim de apenas petiscar pede tira-gostos como o arancino (R$ 29,00, quatro unidades) e se joga nos drinques do bartender Marcelo Serrano. Talentoso, o profissional se divide entre o Brasserie e o vizinho Recreo, nova empreitada dos mesmos donos. Equilibrado, o drinque bergamota (R$ 33,00) mescla vodca cítrica com tangerina e cenoura e traz espuma de pêssego bem docinha no topo.

Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    POUCOS E BONS DRINQUES

    Menos é mais. Esse é o novo lema do barman Marcelo Serrano, que enxugou o cardápio do bar-restaurante Brasserie des Arts. Se no ano passado a lista de coquetéis do lugar era repleta de fotos e páginas, agora se resume a um pergaminho com dezessete pedidas — cinco são novidades. Faz bonito o drinque chamado bergamota (R$ 33,00). A equilibrada mistura de vodca cítrica com tangerina e cenoura traz no topo uma espuma de pêssego bem docinha. Verde como o parque, o ibirapuera leva gim, erva-doce, limão e licor de ervas ao aroma de óleos de alfazema (R$ 35,00).

    Preços checados em 15 de junho de 2016.

    (Por Saulo Yassuda)

    Comer e beber

    • 2016 - Participante

      Bares drinques Comer & Beber

      Filial de um endereço na Riviera Francesa, o lugar é frequentado por gente abonada acima dos 30 anos e cenário de badalados jantares. Quem está a fim de apenas petiscar pede tira-gostos como o arancino (R$ 29,00, quatro unidades) e se joga nos drinques do bartender Marcelo Serrano. Talentoso, o profissional se divide entre o Brasserie e o vizinho Recreo, nova empreitada dos mesmos donos. Equilibrado, o drinque bergamota (R$ 33,00) mescla vodca cítrica com tangerina e cenoura e traz espuma de pêssego bem docinha no topo. (Preços checados em setembro/outubro de 2016.)

      Fábio Galib e Saulo Yassuda

    • 2016 - Indicado

      Bares bardenter do ano Comer & Beber

      Filial de um endereço na Riviera Francesa, o lugar é frequentado por gente abonada acima dos 30 anos e cenário de badalados jantares. Quem está a fim de apenas petiscar pede tira-gostos como o arancino (R$ 29,00, quatro unidades) e se joga nos drinques do bartender Marcelo Serrano. Talentoso, o profissional se divide entre o Brasserie e o vizinho Recreo, nova empreitada dos mesmos donos. Equilibrado, o drinque bergamota (R$ 33,00) mescla vodca cítrica com tangerina e cenoura e traz espuma de pêssego bem docinha no topo. (Preços checados em setembro/outubro de 2016.)

      Fábio Galib e Saulo Yassuda

    • 2015 - Indicado

      Bares carta de driques Comer & Beber

      É o endereço predileto do público arrumado e bem de vida que gosta de sair com amigos para jantar e curtir a noite ao som de batidas eletrônicas com um drinque na mão. O refrescante moscow mule (R$ 29,00), de vodca, limão e espuma de gengibre, é um verdadeiro hit e chega em canequinha de bronze. Filial de uma casa de Saint-Tropez, na Riviera Francesa, o endereço a meia-luz se mostra chique e cheio de estilo. Neste ano, o experiente barman Marcelo Serrano incluiu outras boas pedidas na carta de coquetéis, tanto que alcançou a 2ª posição da categoria barman. É o caso do delicioso pitangueiras (R$ 29,00), mix de rum, purê de pitanga, hortelã e limão. A mistura é servida no copo com borda de prata enfeitado por pimenta-biquinho e gelo feito de negroni, que vai dando um toque amarguinho ao conjunto conforme se liquefaz. Para comer, muita gente vai de bifnhos de filé-mignon ao molho mostarda guarnecido de risoto de parmesão (R$ 53,00), entre outros pratos fáceis de agradar. (Preços checados em setembro/outubro de 2015).

      Saulo Yassuda

    • 2015 - Indicado

      Bares barman do ano Comer & Beber

      É o endereço predileto do público arrumado e bem de vida que gosta de sair com amigos para jantar e curtir a noite ao som de batidas eletrônicas com um drinque na mão. O refrescante moscow mule (R$ 29,00), de vodca, limão e espuma de gengibre, é um verdadeiro hit e chega em canequinha de bronze. Filial de uma casa de Saint-Tropez, na Riviera Francesa, o endereço a meia-luz se mostra chique e cheio de estilo. Neste ano, o experiente barman Marcelo Serrano incluiu outras boas pedidas na carta de coquetéis, tanto que alcançou a 2ª posição da categoria barman. É o caso do delicioso pitangueiras (R$ 29,00), mix de rum, purê de pitanga, hortelã e limão. A mistura é servida no copo com borda de prata enfeitado por pimenta-biquinho e gelo feito de negroni, que vai dando um toque amarguinho ao conjunto conforme se liquefaz. Para comer, muita gente vai de bifnhos de filé-mignon ao molho mostarda guarnecido de risoto de parmesão (R$ 53,00), entre outros pratos fáceis de agradar. (Preços checados em setembro/outubro de 2015).

      Saulo Yassuda

    • 2014 - Indicado

      Bares carta de drinques Comer & Beber

      Batidas eletrônicas (ora em alto volume, ora quase imperceptíveis) embalam o endereço, filial de uma agitada casa de Saint-Tropez, na Riviera Francesa. O público asseado, composto de mulheres de cabelos e modelitos impecáveis e homens de camisa polo, prontos para dar o bote, costuma pintar por lá para jantar, tomar bons drinques e ver e ser visto, num ambiente chique e festivo. A ambientação é toda à meia-luz e apresenta uma agitada varanda na frente e um lounge nos fundos do salão, com sofás e pufes. Fera, o barman Marcelo Serrano cria misturas bem equilibradas, listadas em uma carta dividida por país que cada coquetel homenageia. Da seção canadense, o catedral (R$ 29,00) leva bourbon, maple syrup, limão-siciliano, gengibre, licor de cereja e club soda. Fica refrescante e com a textura ligeiramente aveludada. O the italian job (grapa, suco de limão-siciliano, grapefruit, Lucano e redução de cerveja escura; R$ 29,00) mostra leveza e um agradável amarguinho no final. Se preferir um clássico, o negroni recebe gelo preparado com a própria bebida (R$ 27,00) e se mostra imbatível. Na hora de petiscar, os profiteroles de brie e mel (R$ 25,00, quatro unidades) agradam aos de apetite mais frugal. Siga para o risoto de polvo (R$ 53,00), muito benfeito. (Preços checados em setembro/outubro de 2014).

      Saulo Yassuda

    • 2014 - Vencedor

      Votação popular - bares carta de drinques Comer & Beber

      Batidas eletrônicas (ora em alto volume, ora quase imperceptíveis) embalam o endereço, filial de uma agitada casa de Saint-Tropez, na Riviera Francesa. O público asseado, composto de mulheres de cabelos e modelitos impecáveis e homens de camisa polo, prontos para dar o bote, costuma pintar por lá para jantar, tomar bons drinques e ver e ser visto, num ambiente chique e festivo. A ambientação é toda à meia-luz e apresenta uma agitada varanda na frente e um lounge nos fundos do salão, com sofás e pufes. Fera, o barman Marcelo Serrano cria misturas bem equilibradas, listadas em uma carta dividida por país que cada coquetel homenageia. Da seção canadense, o catedral (R$ 29,00) leva bourbon, maple syrup, limão-siciliano, gengibre, licor de cereja e club soda. Fica refrescante e com a textura ligeiramente aveludada. O the italian job (grapa, suco de limão-siciliano, grapefruit, Lucano e redução de cerveja escura; R$ 29,00) mostra leveza e um agradável amarguinho no final. Se preferir um clássico, o negroni recebe gelo preparado com a própria bebida (R$ 27,00) e se mostra imbatível. Na hora de petiscar, os profiteroles de brie e mel (R$ 25,00, quatro unidades) agradam aos de apetite mais frugal. Siga para o risoto de polvo (R$ 53,00), muito benfeito. (Preços checados em setembro/outubro de 2014).

      Saulo Yassuda

    • 2014 - Vencedor

      Votação popular - bares barman do ano Comer & Beber

      Batidas eletrônicas (ora em alto volume, ora quase imperceptíveis) embalam o endereço, filial de uma agitada casa de Saint-Tropez, na Riviera Francesa. O público asseado, composto de mulheres de cabelos e modelitos impecáveis e homens de camisa polo, prontos para dar o bote, costuma pintar por lá para jantar, tomar bons drinques e ver e ser visto, num ambiente chique e festivo. A ambientação é toda à meia-luz e apresenta uma agitada varanda na frente e um lounge nos fundos do salão, com sofás e pufes. Fera, o barman Marcelo Serrano cria misturas bem equilibradas, listadas em uma carta dividida por país que cada coquetel homenageia. Da seção canadense, o catedral (R$ 29,00) leva bourbon, maple syrup, limão-siciliano, gengibre, licor de cereja e club soda. Fica refrescante e com a textura ligeiramente aveludada. O the italian job (grapa, suco de limão-siciliano, grapefruit, Lucano e redução de cerveja escura; R$ 29,00) mostra leveza e um agradável amarguinho no final. Se preferir um clássico, o negroni recebe gelo preparado com a própria bebida (R$ 27,00) e se mostra imbatível. Na hora de petiscar, os profiteroles de brie e mel (R$ 25,00, quatro unidades) agradam aos de apetite mais frugal. Siga para o risoto de polvo (R$ 53,00), muito benfeito. (Preços checados em setembro/outubro de 2014).

      Saulo Yassuda

    • 2013 - Indicado

      Bares carta de coquetéis Comer & Beber

      Disputado endereço de gente (muito) endinheirada nos Jardins, este misto de bar e restaurante é filial de uma casa de Saint-Tropez, na Riviera Francesa. Vá preparado para a badalação: o salão, embalado por house e deep house, bomba de mulheres arrumadas da cabeça aos pés e jovens rapazes trajados de camisa gola polo. Esse agito não interfere na qualidade dos petiscos servidos por ali e, em especial, dos drinques. Criados pelo experiente barman Marcelo Serrano, eles são a grande estrela do local. Servido em um copo de conhaque, o robusto (R$ 29,00), por exemplo, mistura licores de damasco, amaretto e tagliatella, purê de pêssego, maple syrup e suco de limão-siciliano. Seu suave aroma frutado ganha complexidade graças à adição de raspas de chocolate amargo e canela queimada à receita. O tartare de atum com pupunha (R$ 39,00), na hora da fome, destaca-se pelo frescor e pela boa combinação de sabores. (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Luiz Henrique Ligabue e Marcelo Cobra

    • 2013 - Indicado

      Bares barman do ano Comer & Beber

      Disputado endereço de gente (muito) endinheirada nos Jardins, este misto de bar e restaurante é filial de uma casa de Saint-Tropez, na Riviera Francesa. Vá preparado para a badalação: o salão, embalado por house e deep house, bomba de mulheres arrumadas da cabeça aos pés e jovens rapazes trajados de camisa gola polo. Esse agito não interfere na qualidade dos petiscos servidos por ali e, em especial, dos drinques. Criados pelo experiente barman Marcelo Serrano, eles são a grande estrela do local. Servido em um copo de conhaque, o robusto (R$ 29,00), por exemplo, mistura licores de damasco, amaretto e tagliatella, purê de pêssego, maple syrup e suco de limão-siciliano. Seu suave aroma frutado ganha complexidade graças à adição de raspas de chocolate amargo e canela queimada à receita. O tartare de atum com pupunha (R$ 39,00), na hora da fome, destaca-se pelo frescor e pela boa combinação de sabores. (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Luiz Henrique Ligabue e Marcelo Cobra

    • 2013 - Vencedor

      Votação popular - barman do ano Comer & Beber

      Disputado endereço de gente (muito) endinheirada nos Jardins, este misto de bar e restaurante é filial de uma casa de Saint-Tropez, na Riviera Francesa. Vá preparado para a badalação: o salão, embalado por house e deep house, bomba de mulheres arrumadas da cabeça aos pés e jovens rapazes trajados de camisa gola polo. Esse agito não interfere na qualidade dos petiscos servidos por ali e, em especial, dos drinques. Criados pelo experiente barman Marcelo Serrano, eles são a grande estrela do local. Servido em um copo de conhaque, o robusto (R$ 29,00), por exemplo, mistura licores de damasco, amaretto e tagliatella, purê de pêssego, maple syrup e suco de limão-siciliano. Seu suave aroma frutado ganha complexidade graças à adição de raspas de chocolate amargo e canela queimada à receita. O tartare de atum com pupunha (R$ 39,00), na hora da fome, destaca-se pelo frescor e pela boa combinação de sabores. (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Luiz Henrique Ligabue e Marcelo Cobra

    Comentários
    Deixe uma resposta

    Olá, ( log out )

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s