Beth Cozinha de Estar (Desde 2005)

Tipos de Restaurantes: Refeição em bufê
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Pedroso Alvarenga, 1061 - Itaim Bibi - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 30730354
Horário:
segunda-feira
12:00 - Último cliente
terça-feira
12:00 - Último cliente
quarta-feira
12:00 - Último cliente
quinta-feira
12:00 - Último cliente
sexta-feira
12:00 - Último cliente
sábado
12:00 - Último cliente
domingo
Fechado
monetization_on

Faixa de preço

De R$91.00 a R$130.00

payment

Formas de pagamento

Cartões de crédito: American Express, Diners, Mastercard e Visa
Cartões de dédito: Maestro, Rede Shop e Visa Electron

check_circle

Informações adicionais

Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (75), Comida (couvert) (R$ 0.00), Levar vinhos (permite) (R$ 20.00) (1)

(1)com restrição

Resenha por Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

Quem precisa fazer refeições fora todo dia sabe que, vez ou outra, bate a vontade de uma comidinha mais trivial. Se estiver nos lados do Itaim Bibi, vale dar um pulo no endereço da chef Beth Branco, sempre com arroz e feijão no bufê. Custa R$ 69,00, durante a semana, e R$ 72,00, nos sábados. Torça para ter o cuscuz paulista de frango, de umidade exemplar. A depender do dia, surgem na ala quente o capelete com cogumelos e o pernil suíno com bastante molho por cima. A boa feijoada é servida nas quartas e nos sábados.

Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Comer e beber

    • 2016 - Participante

      Restaurantes refeição em bufê Comer & Beber

      Quem precisa fazer refeições fora todo dia sabe que, vez ou outra, bate a vontade de uma comidinha mais trivial. Se estiver nos lados do Itaim Bibi, vale dar um pulo no endereço da chef Beth Branco, sempre com arroz e feijão no bufê. Custa R$ 69,00, durante a semana, e R$ 72,00, nos sábados. Torça para ter o cuscuz paulista de frango, de umidade exemplar. A depender do dia, surgem na ala quente o capelete com cogumelos e o pernil suíno com bastante molho por cima. A boa feijoada é servida nas quartas e nos sábados. (Preços checados em setembro/outubro de 2016.)

      Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

    • 2015 - Participante

      Restaurantes refeição em bufê Comer & Beber

      Como se recebesse velhos conhecidos em casa, a proprietária e cozinheira Beth Branco dispõe num balcão central alguns petiscos para abrir o apetite. São itens simples, como um patê de atum com pão italiano e pastéis de carne bem recheados, capazes de tornar a refeição mais agradável desde o início. Na mesa fria, torça para encontrar a saborosa salada de cevadinha e damasco. Em revezamento, aparecem entre as pedidas picadinho bem míudo, mais saboroso que o frango ao molho rôti, mais ressecado. Como manda o senso comum nos bufês, não se preocupe com a coerência, organize o prato e prove um pouquinho de couve bem verdinha, um ovo frito na hora e uma colherada do purê de batata sedoso. Ah, e uma massa, claro. O preço de R$ 64,00 durante a semana sobe para R$ 69,00 aos sábados. Para não estragar o delicioso gostinho do arroz doce de sobremesa (R$ 13,00) na boca, evite o expresso (R$ 5,00), feito com grãos de café torrados demais. (Preços checados em setembro/outubro de 2015.)

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2014 - Participante

      Restaurantes refeição em bufê Comer & Beber

      É a própria dona, Beth Branco, quem se incumbe de preparar diariamente os concorridos almoços. Em uma mesa ao lado do bufê, costumam repousar pastéis de carne e de queijo dos bons. Nem todos os itens que aparecem entre os antepastos agradam, caso da sem graça pasta de grão-de-bico ao estilo árabe, o homus. Em compensação, a granola salgada vai muito bem sobre o mix de folhas com mussarela de búfala. Dos pratos quentes, o arroz — branco e integral — e feijão feito com capricho são irresistíveis na companhia de uma farofinha deliciosa. Casa com um grelhado que pode ser o peixe do dia, com frequência o pintado ou o saint-peter. Também há por lá uma massa fresca como o ravióli de mandioquinha e sugestões internacionais, entre elas o estrogonofe. Custa R$ 59,00 de segunda a sexta; aos sábados, sobe para R$ 69,00. De jeitão caseiro, o pudim de leite (R$ 12,00) vem com uma calda de doce de leite quase líquida. (<strong>Preços checados em setembro/outubro de 2014).</strong>

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2012 - Indicado

      Restaurantes cozinha rápida Comer & Beber

      Passou por uma grande reforma, concluída em janeiro de 2012, e ganhou novo visual na fachada, além de mais conforto no salão. Só não mudaram as boas receitas de Beth Branco. Dispostas no concorrido bufê ficam apetitosas saladas de folhas variadas, chuchu em cubos, beterraba ralada, repolho-roxo, tomate, cenoura... Em seguida, podem ser saboreados pratos do dia no mesmo sistema, entre eles um caprichado picadinho com pastéis de carne e queijo, farofa de manteiga bem crocante e ovo frito oferecido às segundas e aos sábados. Completam as ofertas pedidas como o filé de frango à milanesa guarnecido de creme de milho e massas frescas recheadas, caso do agnellotti de mussarela de búfala ao sugo. Foi contemplado com 2 votos do júri do “Comer & Beber”.

      Veja SP

    • 2011 - Indicado

      Restaurantes cozinha rápida Comer & Beber

      Eleito no ano passado o melhor endereço de cozinha rápida e com duas indicações nesta edição pelo júri de VEJA SÃO PAULO, o restaurante da chef Beth Branco atrai todos os dias muita gente. São pessoas interessadas na simplicidade das receitas, feitas com ingredientes de qualidade. Além disso, todos os itens do bufê são constantemente repostos e estão sempre fresquinhos. Comece pela salada de folhas variadas, que pode ser valorizada por granola salgada ou pelo tabule de quinoa. Se der sorte, encontrará a saborosa pescada empanada ao molho de camarão. Das massas de produção própria, o fagotti recheado de mandioquinha recebe um aromático molho de tomate e manjericão. Para a sobremesa, o doce de abóbora com queijo branco é a pedida.

      Veja SP

    • 2010 - Vencedor

      Restaurantes cozinha rápida Comer & Beber

      A cada ano, Beth Branco demonstra como simplicidade e sabor podem andar lado a lado. E pela primeira vez sua casa leva o título de melhor cozinha rápida da cidade, destronando o ótimo Ráscal, ganhador quatro vezes. Desde que abriu o restaurante, sem muito conforto, a chef vem oferecendo em bufê pratos de jeitão caseiro que enfeitiçam o paladar. Em cartaz sempre às segundas, o picadinho de filé-mignon pode ser apreciado com um purê de batata sedoso, arroz soltinho, um caldoso feijão e farofa crocante. À mesa, chega um ovo frito na hora e na consistência pedida. Para disputar o apetite, o self-service traz ainda filé de saint-pierre ou truta, delicadas massas e uma variedade de hortaliças. Tudo é reposto rapidamente e sob o olhar atento da própria Beth. A fartura não diminui nos outros dias, a exemplo da sexta, quando faz uma deliciosa bacalhoada.

      Veja SP

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá, ( log out )

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s