Quatro vexames da seleção brasileira de futebol em Jogos Olímpicos

Time terá que suar a camisa contra a Dinamarca nesta quarta (10) para continuar na disputa pelo primeiro ouro da história

Parece que a Olimpíada não é mesmo o forte da seleção brasileira de futebol. Apesar dos cinco títulos em Copas do Mundo, o que a torna a maior vencedora da história, a equipe canarinho não emplacou nenhum ouro nas doze edições que participou dos Jogos Olímpicos.

+ 11 curiosidades sobre a “pegação olímpica”

A caminhada em 2016 já começou bem atribulada, com os empates por 0 a 0 contra o Iraque e a África do Sul. Agora, o time precisa obrigatoriamente vencer a Dinamarca nesta quarta (10), na Arena Fonte Nova, em Salvador, para se classificar às para classificar às quartas-de-final.

Jogos Olímpicos

Jogos Olímpicos

Confira alguns dos fracassos anteriores do Brasil nos Jogos Olímpicos:

Seul-1988 (Coreia do Sul) – Brasil 1 x 2 União Soviética

Mesmo com Tafarel, Romário, Mazinho e outros grandes nomes, o time perdeu a final para a União Soviética. Após quatro vitórias, voltou para casa apenas com a medalha de prata no pescoço.

Atlanta-1996 (Estados Unidos) – Brasil 3 x 4 Nigéria

Roberto Carlos, Rivaldo e Ronaldinho eram as grandes estrelas do time. Com as últimas medalhas conquistadas em 1984 e 1988, o ouro era muito esperado em Atlanta. Até os 35 minutos do segundo tempo da semifinal, a seleção canarinho derrotava a Nigéria por 3 a 1. Ninguém esperava, porém, que o adversário empataria o jogo, levando-o à prorrogação. O gol de Kanu na morte súbita (que existia à época) garantiu a vaga dos nigerianos. O Brasil terminou com o bronze.

Olimpíada 2000

Olimpíada 2000

Sydney-2000 (Austrália) – Brasil 1 x 2 Camarões

Não bastasse as derrotas anteriores – Olimpíada de 1996 e vice na Copa de 1998 -, a seleção que tinha nomes como Ronaldinho Gaúcho e Alex acabou caindo para Camarões nas quartas-de-final, novamente na morte súbita. Os camaronenses levaram a medalha de ouro.

Pequim-2008 (China) – Brasil 0 x 3 Argentina

Com Ronaldinho como principal destaque, a equipe foi derrotada pela maior rival e teve que se contentar com o bronze, obtido sobre a Bélgica.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s