Confira cenas de espetáculos que investem no filão motivacional

"Coisa de Louco" e "Como Ter Sexo a Vida Toda com a Mesma Pessoa" atraem o público com reflexões muito bem-humoradas sobre temas do cotidiano

No fim dos anos 60 e na maior parte dos 70, as metáforas políticas dominavam os palcos em resposta à censura do regime militar. A década de 80, por sua vez, trouxe a comédia besteirol e o descompromisso crítico. Hoje, o principal opressor é o cotidiano, com o stress provocado pela rotina doméstica e profissional. Desopilar no teatro, então, tornou-se um santo remédio. Confira abaixo trechos de dois espetáculos que investem no filão motivacional e atraem um público em busca de diversão e mensagens aplicáveis ao dia a dia.

Como Ter Sexo a Vida Toda com a Mesma Pessoa

 

Coisa de Louco

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s