Suzan Damasceno faz interpretação vigorosa em ‘A Obscena Senhora D’

Monólogo está em exibição no teatro Eva Herz, na Livraria Cultura

Prato cheio para o teatro, as personagens da escritora Hilda Hilst (1930-2004) são densas, muitas delas no limite da insanidade. A novela A Obscena Senhora D (1982) não representa uma exceção e, transformada em monólogo dramático, traz uma grande responsabilidade para a atriz Suzan Damasceno. Coadaptadora ao lado de Germano Mello, ela apresenta uma vigorosa performance na pele da sexagenária Hillé. Viúva recente, a protagonista decidiu viver num vão da escada de casa. Lá, ficou livre da mediocridade do mundo. Dirigida por Donizeti Mazonas e Rosi Campos, Suzan surpreende pela forma com que controla o papel sem tropeçar nos excessos.

✪✪✪ A Obscena Senhora D. – Livraria Cultura — Teatro Eva Herz (166 lugares). Avenida Paulista, 2073 (Conjunto Nacional), ☎ 3170-4059, ① Consolação. → Quinta, 21h. R$ 40,00. Bilheteria: 14h/21h (ter. a sáb.); 12h/19h (dom.). Cc: todos. Cd: todos. IC. Até 29 de agosto.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s