Romances embalam seis filmes em cartaz

Seja na comédia ou no drama, histórias de amor se destacam nas salas de exibição da cidade

✪✪ Flores Raras – A relação da urbanista brasileira Lota de Macedo Soares (Glória Pires) com a poetisa americana Elizabeth Bishop (Miranda Otto) começou em 1951, no Rio de Janeiro. Embora tivesse uma companheira, Lota entregou-se à paixão e, em sua casa em Petrópolis, formou-se um triângulo amoroso. Dirigido por Bruno Barreto.

 

✪✪✪ Ferrugem e Osso – Não à toa, o drama francês faz sucesso há mais de um mês no Reserva Cultural. Trata-se aqui de uma sensível história de amor entre um brutamonte solidário (papel do belga Matthias Schoenaerts) e uma moça deprimida, interpretada por Marion Cotillard. Após um acidente, ela encontrou nele um parceiro para o sexo casual, embora tenha se apaixonado. O diretor é Jacques Audiard, de O Profeta (2009).

A Filha do Meu Melhor Amigo

A Filha do Meu Melhor Amigo

A Filha do Meu Melhor Amigo – Em cartaz desde a semana passada, a comédia desperdiça um bom ponto de partida e termina de maneira conservadora. Casado e pai de dois filhos, David (interpretado por Hugh Laurie, do seriado House), veja só, cai de amores por Nina (Leighton Meester), a flha de seu vizinho e melhor amigo, que acabou de voltar de uma temporada em Paris.

Tabu

Tabu

✪✪✪ Tabu – A primeira parte da produção portuguesa em preto e branco é dedicada a mostrar a amarga velhice de Aurora. A partir da metade, a história volta ao passado para focar a juventude da protagonista (papel de Ana Moreira). Vivendo com o marido na África, a jovem se envolveu com um aventureiro (Carlotto Cotta) e pôs, assim, seu casamento em risco.

Las Acacias

Las Acacias

✪✪✪ Las Acacias – É sutil, muito sutil, a relação de afetividade que vai nascendo entre a paraguaia Jacinta (Hebe Duarte) e o caminhoneiro argentino Rubén (Germán de Silva) durante uma viagem do Paraguai até Buenos Aires. Acompanhada da filha de 8 meses, a mãe consegue amolecer o duro coração de seu companheiro de estrada. A delicada fita argentina conquistou três prêmios no Festival de Cannes.

A Sorte em Suas Mãos

A Sorte em Suas Mãos

✪✪✪ A Sorte em Suas Mãos – Dono de uma fnanceira e jogador de pôquer, o judeu Uriel (Jorge Drexler) só faz sexo sem compromisso. Divorciado e pai de um casal de flhos, ele jamais pensou em se apaixonar novamente. Mas o amor bate à sua porta ao reencontrar Gloria (Valeria Bertuccelli), uma antiga namoradinha. Mais um tiro certeiro do cinema argentino.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s