Relação entre homem e morte é tema de mostra no Paço das Artes

A mostra <em>Eu Fui o que Tu És, E Tu Serás o que Eu Sou</em> reúne pintura, instalação, escultura, fotografia e videoperformance

Com curadoria de Josué Mattos, a exposição Eu Fui o que Tu És, E Tu Serás o que Eu Sou – no Paço das Artes até o dia 2 de dezembro de 2012 – abrange pintura, instalação multimídia, escultura, desenho, fotografia e videoperformance.

As obras que compõem a mostra exploram as relações conflituosas entre o homem e a morte.

A história da exposição começa com a obra La Trinità de Masaccio, umas das pinturas mais representativas do Renascimento Florentino. Trata-se da primeira obra bidimensional a assimilar o espírito investigador da perspectiva linear concebido por Filippo Brunelleschi na arquitetura e pesquisas relacionadas à complexa existência humana – assuntos que ocuparam as classes artísticas e intelectuais da época.

Partindo dessa premissa, o público encontra trabalhos de artistas como Bill Viola, Charly Nijensohn, Daré, Marina Abramovic, Oscar Muñoz, Vitor Mizael, entre outros, que discutem essa questão.

Saiba mais sobre a exposição.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s