Regina Spektor encerra show mais cedo por problemas técnicos

Corda que segurava um cano caiu em cima do engenheiro de som da artista e, por questões de segurança, a apresentação terminou antes

Os fãs de Regina Spektor deixaram o Credicard Hall na noite desta quarta (10) sem nem mesmo ouvir Fidelity, um dos maiores sucessos da cantora. Depois de cantar Us, outro de seus hits, ela olhou para os lados, abandonou o palco e as luzes se acenderam. Ninguém entendeu nada.

Mais tarde, por meio de um post no Facebook, a pianista russa desculpou-se e explicou o que aconteceu. O palco não estava seguro: uma corda que segurava um cano caiu em cima de seu engenheiro de som no palco.

“Vocês foram o melhor público – vocês fizeram meu coração doer de um jeito bom! Vocês foram incríveis. Sinto muitíssimo por termos que encerrar o show cedo, mas uma corda que segurava um cano no teto caiu sobre meu engenheiro de som (ainda bem que ele está ok!) e ninguém no palco estava seguro porque uma das luzes poderia cair. Está todo mundo seguro agora, mas faltou tocar três músicas para vocês”, lamentou a artista, acrescentando que voltará à cidade “para tocar mais”. As tais três músicas viriam depois de Us, como parte do bis.

A noite, porém, não estava dando muito certo para Spektor. Ela interrompeu o show algumas vezes, chegou a chamar um técnico dos bastidores e se virava a todo momento para tossir. Apesar disso, conseguiu mostrar a potência e a doçura de sua voz, arrancando aplausos da plateia, que saiu de lá com a sensação de ter visto um show pela metade.

A Time For Fun, responsável pelo Credicard Hall, divulgou uma nota oficial esclarecendo que o cabo era, na verdade, “uma corda leve de sisal” que “não oferecia nenhum risco”. Leia a íntegra do comunicado:

“Nota de esclarecimento

Sobre o show da artista Regina Spektor na noite de ontem, a TIME FOR FUN esclarece que o mencionado show ocorreu normalmente e que, após o encerramento do show, a artista interrompeu o seu “bis” em função de uma suposta queda de um cabo. Todavia, logo após a ocorrência de tal fato, ficou esclarecido que se tratava de uma corda leve de sisal, usualmente utilizada para prender a cortina do palco e que não oferecia nenhum risco.

Outrossim, foi informado que não houve nenhuma ameaça de rompimento de qualquer cabo, pois são atendidas todas as normas de segurança pela casa de espetáculos.

Atenciosamente,

Assessoria de Imprensa – T4F”

 

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s