Quatro mostras de fotografia que transportam para o Oriente

Retratos revelam mundos bem diferentes da realidade paulistana

De expedições fotográficas com um ano de duração a cliques que registram a realidade de refugiados; confira abaixo quatro exposições em cartaz na cidade que trazem a São Paulo um pedacinho das fascinantes e misteriosas realidades do outro lado do mundo.

Eduardo Colesi: imagens obtidas em mais de um ano de viagem no extremo oriente (Eduardo Colesi/Veja SP)

Nomadismo na Ásia

Eduardo Colesi e a esposa fizeram uma viagem dos sonhos de muita gente: durante mais de um ano, visitaram quinze países, entre eles Butão, Camboja, Japão e Mongólia. A exposição De Ásia a Z reúne 45 fotos na galeria Andrea Rehder mostrando as vivências que incluíram passar dias com nômades e conviver com as últimas tribos de domadores de renas. De 27 de junho a 10 de agosto.

Exposição de crianças refugiadas: parte da programação dedicada ao tema (Karine Garcêz/Veja SP)

Pequenos bem longe de casa

Crianças palestinas refugiadas na Turquia, Líbano e Síria foram fotografadas por Karine Garcês durante uma viagem à Turquia, em 2014. Formada em relações internacionais, ela se converteu ao islamismo após visitar a Arábia Saudita. Em 2012, teve suas primeiras aulas de fotografia na Faixa de Gaza, e um dos resultados é a exposição na Matilha Cultural, composta por 25 imagens. A mostra faz parte de uma programação no mês de julho dedicada aos refugiados, que inclui exibição de filmes como Fogo no Mar, Clash e Era o Hotel Cambridge. Karine também criou produtos relacionados à mostra, e a verba arrecadada com a venda dos itens será destinada à compra de material escolar para as crianças fotografadas. De 27 de junho a 5 de agosto.

Imagem do Clube de Fotógrafos: retratos de diferentes religiões monoteístas (Rabia Basha/Veja SP)

Minoria do Oriente Médio

Os drusos formam um pequeno grupo etno-religioso, que está espalhado por países como Líbano, Israel, Síria, Turquia e Jordânia. Eles falam árabe e, apesar de seguirem preceitos culturais de muitos árabes, têm fé monoteísta baseada em filosofias gregas e orientais. A exposição Religiosidade em Israel Através de Lentes Drusas, no Museu de Arte Sacra, reúne quarenta registros feitos pelo Clube de Fotógrafos Drusos, de Israel, que mostram diferentes cerimônias em religiões monoteístas. De 4 de julho a 27 de agosto.

Ritual de purificação indiano: presente na série de onze fotografias (Rapha Borges/Veja SP)

Índia amadora

Foi no aeroporto de Dubai, com destino à Mumbai, na Índia, que Rapha Borges comprou sua primeira câmera profissional. Onze das fotos realizadas na viagem integram a mostra Ásia, no Espaço Quadrado. Seguindo a ideia do novo endereço – juntar arte e moda num só lugar – também está presente a marca de lenços e echarpes Arrivals Gate, produzidos em Catmandu, no Nepal. De 8 a 29 de julho.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s