Palácio dos Bandeirantes guarda obras de arte valiosas

Entre os artistas estão nomes como Tarsila do Amaral e Aleijadinho; visitas são gratuitas 

A tela Festa do Divino em Parati (1962), da artista paulista Djanira da Motta e Silva, é um dos destaques do acervo do Palácio dos Bandeirantes, no Morumbi. Entre as 1 500 peças guardadas no local estão obras de Tarsila do Amaral, Aleijadinho e Antonio Henrique Amaral, esse último responsável pelo painel São Paulo — Brasil: Criação, Expansão e Desenvolvimento, exposto no hall do prédio.

+ Prédios paulistanos dos anos 40 da capital têm abrigos antiaéreos

A coleção da sede do governo estadual está aberta a visitas gratuitas. Em agosto, o lugar costuma registrar grande aumento na procura por causa da volta às aulas, com os passeios organizados por colégios. No ano passado, por exemplo, o movimento quase dobrou nesse mês, ultrapassando 800 pessoas.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s