Três mostras trazem a produção de fotógrafos nascidos no país

Confira o trabalho de Mario Cravo Neto, Klaus Mitteldorf e Sebastião Salgado

A criação de fotógrafos nascidos no Brasil pode ser vista em três exposições em cartaz na cidade. Conhecido por abordar a tradição cultural afro-brasileira em um tom mítico e sagrado,o baiano Mario Cravo Neto (1947-2009) tem 250 imagens feitas em Nova York, bem no início da carreira, exibidas na boa mostra Butterfies and Zebras.

Já o paulistano Klaus Mitteldorf expõe 350 imagens realizadas em três décadas, na Faap. As séries da década de 80, caso de Last Day of Spring e Norami, revelam-se datadas. Salva-se o bom conjunto Introvision, no qual os registros aparecem distorcidos e desfocados.

Integram Genesis, no Sesc Belenzinho, 245 registros de regiões quase intocadas pelo homem, feitos por Sebastião Salgado. Montanhas, desertos, forestas, tribos indígenas e animais são retratados pelo mineiro nas obras em preto e branco.

Confira:

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s