Morre Airton Queiroz, um dos maiores colecionadores do Nordeste

À frente do Grupo Edson Queiroz, de Fortaleza, o empresário também era presidente da Fundação Edson Queiroz, dona de um acervo de 1 600 obras de arte

Morreu no último domingo (2) o empresário Airton José Vidal Queiroz, presidente da Fundação Edson Queiroz e chanceler da Universidade de Fortaleza. Um dos maiores colecionadores do Nordeste, o mecenas de 70 anos lutava contra um câncer de pulmão havia três meses.

O empresário encabeçava um dos maiores conglomerados empresariais do país, o Grupo Edson Queiroz, que carrega o nome de seu pai. O grupo atua em setores como educação, com a Universidade de Fortaleza; comunicação, com o jornal “Diário do Nordeste”; além de empresas de água mineral e refrigerantes, indústria de eletrodomésticos e agropecuária.

Grande comprador de obras de arte, Queiroz vinha expondo sua coleção particular no Espaço Cultural Unifor, em Fortaleza. Inaugurado em 1988, o museu é organizado pela Fundação Edson Queiroz, detentora de um acervo de 1600 obras de arte.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s