Memória Paulistana: exposição relembra história da imigração japonesa

Espaço na Liberdade, prestes a completar 35 anos, organiza mostra com dezoito obras de artistas nipo-brasileiros

No dia 18 de junho de 1978, um público que chegou a ser superestimado em 80.000 pessoas — na imensa maioria, japoneses e seus descendentes — lotou o Estádio do Pacaembu para as comemorações dos setenta anos da imigração no Brasil. A festa contou com a presença do então príncipe herdeiro Akihito, atual imperador da terra do sol nascente, que na ocasião também inaugurou o Museu Histórico da Imigração Japonesa.

Prestes a completar 35 anos, o espaço na Liberdade organizou a exposição A História da Imigração Japonesa Através de Retratos, com dezoito obras de artistas nipo-brasileiros destacando personagens de vulto dessa trajetória.

A imagem desta nota, impressa em 6 metros de comprimento, integra a linha do tempo que acompanha a mostra, aberta à visitação até o dia 28, de terça a domingo, das 13h30 às 17h30.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s