O indie Dirty Projectors mostra fase mais acessível no Cine Joia

Banda liderada por David Longstreth apresenta o novo disco, <em>Swing Lo Magellan,</em> em show que alia experimentações a melodias pop

O SHOW

Influenciado por artistas como Neil Young e David Byrne, o vocalista e guitarrista David Longstreth não cansa de surpreender o público do Dirty Projectos. Depois de um disco rebuscado, com ares de art-rock (o ótimo Bitte Orca, um dos preferidos da crítica em 2009), ele lançou este ano um álbum de conceito muito mais direto, com algo de folk rock e de soul music. É esse CD, Swing Lo Magellan, que servirá de eixo para a nova apresentação da banda no Brasil. Para o show, David virá acompanhado de Haley Dekle, Nathaniel Baldwin, Amber Coffman, Michael Johnson e Olga Bell.

O QUE VOCÊ VAI OUVIR

A banda interpreta o disco mais recente quase na íntegra, com destaque para Dance for You, Impregnable Question (que fecha as apresentações), Gun Has no Trigger e About to Die. Faixas mais conhecidas, como Stillness is the Move, também serão lembradas.

PREPARE-SE COM TRÊS DISCOS

– Rise Above (2007)

O álbum que tornou o Dirty Projectors conhecido entre os indies dos Estados Unidos parte de uma ideia curiosa: recriar o disco Damaged, lançado pela banda punk Black Flag em 1981. Entre guitarras barulhentas e melodias por vezes etéreas, Dave Longstreth se fez notar.

Bitte Orca, do Dirty Projectors

Bitte Orca, do Dirty Projectors

– Bitte Orca (2009)

O melhor e mais elogiado disco da banda combina uma série de estilos que não parecem se entender: de ritmos africanos ao pop orquestrado, a experimenta de tudo sem perder o foco. Faixas como Stillness is the Move estão entre as melhores que gravaram.

Swing Lo Magellan, do Dirty Projectors

Swing Lo Magellan, do Dirty Projectors

– Swing Lo Magellan (2012)

O álbum mais recente abandona muitas das experimentações do anterior para ressaltar as canções, compostas de maneira por vezes convencional. Dave ainda mostra habilidade para se adaptar tanto a faixas mais calminhas (como a canção-título) quanto a momentos de pura psicodelia (caso de Maybe That Was It).

VEJA DOIS VÍDEOS

– Stillness is the Move (2009)

– Gun Has no Trigger (2012)

INGRESSOS

Os bilhetes para o show, que ocorre na sexta (30) no Cine Joia, variam de R$ 100,00 a R$ 140,00 e estão à venda na casa de shows. Clique aqui para mais informações.

AVALIE ESTA ATRAÇÃO: Dirty Projectors

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s