A Moby Dick dos céus cruza o Centro

O dirigível que atravessou o Vale do Anhagabaú em 11 de maio de 1933

Com 237 metros (mais que o triplo do comprimento de um Boeing 747-400), o dirigível alemão Graf causou furor por aqui em 11 de maio de 1933. Segundo o piloto e especialista em história da aviação Jonas Liasch Filho, entre 1930 e 1937 vários zepelins vindos da Europa atravessaram o oceano para aportar no Recife ou no Rio. São Paulo foi sobrevoada pelo menos uma vez além da registrada na foto ao lado, que mostra o Vale do Anhangabaú. “Mas o gigante nunca atracou na capital por falta de local adequado”, explica Liasch Filho.

+ Confira mais curiosidades em nosso mapa interativo da cidade

+ Aconteceu bem aqui: curiosidades que marcaram os 459 anos da metrópole

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s