Inflacionado: coxa-creme gourmet chega a custar 212% a mais que a comum

Comparamos o preço de outras comidinhas, como cachorro-quente e pipoca, em estabelecimentos badalados e outros mais simples

Optar por uma comidinha gourmet pode significar pagar mais que o dobro quando se compara a uma receita semelhante servida em estabelecimentos mais simples. No caso de uma coxa-creme, por exemplo, a diferença chega a 212%. A mesma variação ocorre quando colocamos na balança um sanduíche recheado de carne servido em dois bares.

Claro que deve se levar em conta a qualidade da matéria-prima usada na cozinha, a localização do estabelecimento – que vai determinar o valor do aluguel do ponto – e a quantidade de funcionários no atendimento, entre outros itens.

Fizemos uma comparação entre oito guloseimas amadas pelos paulistanos. Veja as diferenças de preço:

 

+ Restaurant Week: saiba quais os endereços mais vantajosos para visitar durante o evento

+ Escolha os melhores bares, restaurantes e comidinhas

A pipoca gourmet da marca Pipó, vendida nos empórios finos da capital, chega a custar 45 reais (200 gramas) na versão coberta com chocolate de origem belga. As mais baratas custam 25 reais (de 45 a 125 gramas). Nos cinemas, paga-se uma média de 14 reais no saquinho grande.

Em um cachorro-quente duplo, por exemplo, paga-se até 22,50 reais na  Lanchonete da Cidade. Escolher uma opção semelhante, também com duas salsichas, no Charles Dog, na Zona Norte, custa menos da metade: 10,50 reais. As versões mais simples do lanche nas duas casas custam, respectivamente, 16,50 e 7,90 reais.

O famoso almoço executivo também anda ganhando versões em restaurantes finos, onde o preço engorda em cifrões. Para comer uma combinação de salada, arroz branco, feijão, batatas, banana à milanesa, couve, farofa mais uma carne no  D.O.M, do chef Alex Atala, é preciso desembolsar 82 reais. O PF do  Estadão, tradicional boteco do centro, custa 21 reais na versão com picadinho. Paga-se 290% a mais pela primeira opção.

+ Erick Jacquin se reinventa na TV como estrela do “MasterChef “

O mesmo acontece com o milk-shake, que sai por até 35 reais no General Prime Burger, enquanto na rede  Hamburguinho, embora com um número menor de sabores, todos não passam de 19,90 reais.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s