Pobre Juan Cidade Jardim: fora do ponto

O crítico de gastronomia da Vejinha conta como foi sua visita à casa

Dia 8, fui almoçar na churrascaria Pobre Juan e quase nada deu certo. Foram tantos os tropeços que é possível enumerá-los num jogo dos sete erros:

  1. O garçom não sabia explicar as características das carnes;
  2. Embora tenha sido apresentado um novo cardápio de petiscos, faltaram as miniempanadas que já tinham sido pedidas;
  3. A porção de tapas de vegetais estava insossa;
  4. Os croquetes de presunto cru quase não tinham presunto;
  5. O sommelier desconhecia a composição de uvas do vinho solicitado;
  6. Precisei devolver as fritas suflês da guarnição, murchas e engorduradas;
  7. Pedi a sobremesa, o café e a conta, e a nota apareceu antes do doce.

Felizmente, o bife pampeano continua de primeira. 

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s