Onde comer bem em Pinheiros, Jardins e Itaim

Selecionamos 104 endereços bacanas, entre restaurantes, bares, lanchonetes, docerias e cafés, nos bairros mais gastronômicos da cidade

O eixo Pinheiros-Itaim-Jardins concentra grande parte da vida gastronômica da cidade. Apenas na Rua dos Pinheiros, estão o concorrido Le Jazz Brasserie, com filial na Rua Melo Alves; a hamburgueria Meats, que prepara ótimos lanches; a matriz da Faire La Bombe, doceria especializada em éclairs de arrancar suspiros; e o recém-inaugurado Minato Izakaya, típico boteco japonês com tentadoras receitas típicas para partilhar.

+ Onde comer bem em cada região da cidade

Não longe dali, instituiu-se outra via repleta de restaurantes. Reduto de endinheirados, a Rua Amauri, no Itaim Bibi, traz opções badaladas como o nipo-peruano Osaka, a Forneria San Paolo e a Lanchonete da Cidade. Outras casas do bairro que valem a visita são o tailandês Tian, com sugestões saborosas a preços atraentes; a pequenina The Dog Haüs, que prepara cachorros-quentes deliciosos até de madrugada; e a Le Chef Gatô, onde se provam brigadeiros e outros doces à base da guloseima.

 

A região dos Jardins, por sua vez, é um banquete de opções. Para se deliciar com a culinária brasileira, vale a pena investir em um jantar no Brasil a Gosto ou no Tordesilhas. Nas noites de sábado, o Dalva e Dito, comandado por Alex Atala, serve galinhada até altas horas com direito a música ao vivo. Para um lanche rápido, não deixe de passar no Z Deli Sanduíches. Além da clássica versão de pastrami, oferece deliciosos hambúrgueres de interior rosado. Se a ideia for tomar um café, estão ali o Santo Grão e o Sofá Café. A sobremesa é garantida nas duas unidades da Bacio di Latte, movimentada sorveteria que prepara gelados hipercremosos, ao estilo italiano.

Confira o nosse roteiro e escolha o endereço que mais combina com você (e com o seu bolso):

7/104
A decoração é de um lugar clássico no estilo inglês. Colaboram para essa atmosfera detalhes em madeira escura que revestem paredes e colunas. O serviço, porém, deixa claro que se trata de um rodízio. Basta sentar-se à mesa para que cheguem sem parar petiscos e guarnições seguidos de boas carnes grelhadas: bife ancho, costeleta de […] ( / Barbacoa – Itaim Bibi)
9/104
Se estiver nos lados do Itaim Bibi, vale dar um pulo no endereço da chef Beth Branco, sempre com arroz e feijão no bufê. ( / Beth Cozinha de Estar)
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Diego Santana

    Não consigo visualizar os outros restaurantes da lista, apenas os 10 primeiros.