Seis lugares para tomar os melhores dry martinis

Um clássico, o drinque voltou a ficar em evidência nos bares da cidade

Balcão: por R$ 39,00, a pedida é preparada com gim das marcas Gordon’s ou Tanqueray.

Baretto: a receita é servida bem gelada, com azeitona no fundo da taça e casca de limão na borda (R$ 54,00). 

+ Os bares ideais para paquerar conforme seu estilo

Bar do Jiquitaia

Bar do Jiquitaia

Boca de Ouro: o drinque (R$ 26,00) segue a proporção de 15 mililitros de vermute para 60 de gim. 

Bar do Jiquitaia: o barman Diogo Rodrigues serve seu dry martini (R$ 29,00) em taça retrô.

Negroni

Negroni

Le Jazz Petit Bar: o drinque pode ser feito com diferentes marcas de gim, como Tanqueray Ten (R$ 39,00).

Negroni: a carta do consultor Marco de La Roche inclui um dry martini (R$ 27,00) de respeito.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s