Dezoito lugares para lanchar após o Lollapalooza

Veja endereços que ficam abertos até mais tarde para matar a fome depois do festival, que rola de sexta (29) a domingo (31)

Praças de alimentação de festivais grandes costumam ter sempre os mesmos problemas: filas quilométricas, opções pouco variadas e preços altíssimos. Por isso, vale a pena esperar os shows acabarem para comer tranquilamente em casas que ficam abertas até mais tarde.

+ Tudo sobre o Lollapalooza 2013

Pertinho do Jockey Club, onde rola o evento, o Milk & Mellow serve sanduíches e milk-shakes até altas horas da madrugada. Já o Estadão, aberto 24 horas, sacia a fome com o delicioso sanduíche de pernil e tem a vantagem de estar próximo ao Cine Joia, onde vão rolar os side shows do Lolla.

Veja as opções abaixo:

1/18
O endereço nunca fecha (exceto em datas especiais) e vive lotado a qualquer hora — aliás, conseguir um lugar por ali não é tarefa das mais fáceis. Se a fome atacar na madrugada, pelo menos há a alternativa de pedir o brasileirinho (R$ 40,80), um escalope de filé-mignon grelhado com cebola salteada guarnecido de arroz, […] ( / Bella Paulista)
5/18
Agrada mais pela conveniência, já que fica aberta 24 horas, do que pela qualidade dos quitutes e pelo atendimento um tanto atrapalhado. Depois de conseguir arrumar um lugar no abarrotado salão pela manhã, peça um pão na chapa com requeijão (R$ 4,40) e suco de laranja (R$ 7,80). Alguns sanduíches são batizados com o nome […] ( / Galeria dos Pães)
8/18
A lanchonete funciona há quase quatro décadas e mantém um público cativo, que chega em busca dos hambúrgueres feitos de forma tradicional. Ou seja, fininhos e bem passados. Na seção de clássicos, agrada o cheese bacon egg (R$ 27,40), montado com mussarela, bacon e um ovo frito. Dá para pular o sanduíche de rosbife (R$ […] ( / Milk & Mellow)
9/18
Faz temakis especiais, como os de polvo e gergelim ao molho tarê e de cubos de peixe branco agulhão marinado, cebola-roxa, pimenta dedo-de-moça e Ajinomoto. Antes, prove um petisco oriental típico, a soja verde cozida, chamada de edamame. ( / My Temaki)
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s