Modelo Victor Costa briga para receber cachê

Ele ganhou direito de receber 30 000 reais de indenização

Escalado em julho de 2006 como garoto-propaganda do sabonete Albany, o modelo Victor Costa assinou um contrato em que cedia o uso de sua imagem por dois anos. Vencido esse prazo, a empresa deveria, segundo ele, retirar de circulação anúncios e mesmo embalagens com sua foto. “Foi um abuso”, conta Costa, que resolveu abrir um processo. Fotografou, então, prateleiras de supermercados com sabonetes cujo invólucro vinha com seu rosto estampado, além de comprar algumas unidades. “As notas fiscais se tornaram minhas provas.” Na semana passada, saiu a sentença: indenização de 30 000 reais. A empresa não vai se manifestar até ser notificada.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s